Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Vão ser criados dois “Centros de Testes Covid-19” no Distrito de Bragança

Um Centro de Testes ficará centralizado um em Bragança, junto ao pavilhão Arnaldo Pereira, e o outro em Mirandela, junto no Hospital Terra Quente.

0 738

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os Municípios de Bragança e Mirandela, o Hospital Privado de Bragança e o Hospital Terra Quente, com a colaboração de um Laboratório com implantação nacional, devidamente credenciado para o efeito, com convenção com o SNS, decidiram instalar dois Centros de Testes COVID-19 na região. Um ficará centralizado um em Bragança, junto ao pavilhão Arnaldo Pereira, e o outro em Mirandela, junto no Hospital Terra Quente.

A evolução epidemiológica da COVID-19 no Distrito de Bragança tem registado aumentos significativos, quer nos profissionais de saúde, quer no universo de pessoas idosas, com particular incidência os lares de terceira idade, não se conseguindo perceber a verdadeira realidade, por falta de testes.

Até ao momento, o Distrito de Bragança não possui um centro de testes COVID-19, para além da unidade móvel de colheita de amostras, em Macedo de Cavaleiros, que são encaminhadas para o Hospital de S. João, revelando-se insuficiente para as necessidades do Distrito.

Perante este quadro limitado os Municípios de Bragança e Mirandela, o Hospital Privado de Bragança e o Hospital Terra Quente limitado uniram esforços no sentido de assegurar, de imediato, a realização de testes nos territórios mais envelhecidos e vulneráveis à COVID-19, por forma a evitar a propagação do vírus e, consequentemente, a eventual perda de vidas humanas, refere uma nota de imprensa.

Este protocolo institucional vai permitir a realização de testes em todos os concelhos do distrito de Bragança, conforme futura identificação de necessidades e prioridades. A instalação destes Centros de Testes COVID-19 visa complementar a atividade da ULSNE, acelerando o rastreio à população, permitindo a realização até 400 testes por semana, minimizando custos, evitando deslocações desnecessárias e duplicação de exames.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Bragança e Mirandela
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade