Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Vale do Tua está preparado para explorar o Astroturismo como produto diferenciador

60 agentes, públicos e privados, receberam formação em astroturismo, tendo agora novas competências para explorar o “Dark Sky Vale do Tua” como destino turístico “Starlight”.

1.784

Publicidade

Preparar o território, agentes públicos e privados, para que se possa retirar proveito da certificação como destino Turístico Starlight, foi o principal objetivo da formação que o Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) promoveu ao longo do último ano, envolvendo cerca de 60 formandos.

Nesta quinta-feira, 9 de dezembro, o PNRVT procedeu à entrega formal dos certificados aos participantes, que agora têm novas competências para receber e acompanhar os turistas e, sobretudo, para trabalhar o tema como um produto turístico de excelência, que diferencia, qualifica e aumenta a competitividade deste território.

O passo que se segue agora é criar uma Rede Oficial de Parceiros, já preparados para receber os astroturistas”, explica o diretor do PNRVT, Artur Cascarejo.

O PNRVT realizou três ações de formação, completamente gratuitas, que se debruçam sobre os temas da Poluição Luminosa, Astronomia e Divulgação de Ciência, Astroturismo, Arqueoastronomia e Novos Produtos. A participação na formação é um dos critérios de integração na Rede Oficial de Parceiros.

A formação, a cargo da Associação Dark Sky®, foi dirigida para três tipos de agentes territoriais distintos:

  • Para o setor público, nomeadamente técnicos de turismo e outros colaboradores ligados ao setor nos municípios;
  • Para empresas de turismo que não oferecem serviços inseridos no astroturismo. Enquadram-se aqui as unidades de alojamento, de restauração, as empresas de animação turística ou lojas de artesanato e de produtos regionais poderão integrar a Rede Oficial, as que participaram no processo de formação e, após este, sejam definidas as medidas necessárias que tenham de ser implementadas face aos requisitos do Dark Sky® Vale do Tua, seja ao nível da adaptação do serviço a este mercado específico, seja no âmbito do combate à poluição luminosa.
  • Formação para empresas que pretendem oferecer serviços considerados na categoria de astroturismo. Destinada ao mesmo público-alvo, esta formação foi mais intensa e incluiu uma parte prática. Este grupo recebeu formação especifica sobre ferramentas de apoio e uso de equipamentos óticos que lhes permitem iniciar as visitas guiadas a olho nu, mas também desenvolvimento de sessões de observação astronómica com equipamento de observação adequado.

Artur Cascarejo insiste na importância desta formação para o território: “Somos o terceiro destino turístico certificado em Portugal, depois do Alqueva e das Aldeias de Xisto, mas somos a primeira área protegida a receber esta certificação, o que obviamente nos orgulha. Agora que os agentes do território já têm a informação e o conhecimento necessário estão preparados para saber usar esta nova e enorme possibilidade de crescimento e de afirmação do destino Vale do Tua”, afirma o diretor do PNRVT.

Publicidade

Fonte desta notícia: Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT)

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade