Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Vai ser inaugurada a reabilitação do exterior da Igreja de Nossa Senhora da Azinheira

A intervenção global é financiada pela Fundação Iberdrola, através do Plano de Intervenção Românico-Atlântico, e pela Iberdrola, no âmbito do Protocolo de Financiamento das Medidas de Minimização da Declaração de Impacte Ambiental do Sistema Electroprodutor do Tâmega, que visa essencialmente a valorização de património cultural.

242

Publicidade

A inauguração da obra de reabilitação exterior da Igreja de Nossa Senhora da Azinheira, na Freguesia de Outeiro Seco, Chaves, está marcada para a próxima quarta-feira, pelas 11h30, contando com a presença da Diretora Regional de Cultura do Norte. Na mesma altura, será apresentada a segunda fase da intervenção correspondente às ações de conservação e restauro do património integrado do imóvel.

Representando um investimento global de 173 mil euros, a intervenção resulta de um Protocolo celebrado entre a Fundação Iberdrola, Direção Regional de Cultura do Norte (responsável pela elaboração dos projetos e acompanhamento da obra) e Município de Chaves.

A obra de reabilitação exterior, executada pela empresa Reabitarte – Reabilitação, Restauro e Conservação, contemplou trabalhos de substituição integral da cobertura, incluindo o reforço estrutural da mesma, a substituição de rufos e caleiras, a limpeza e tratamento das alvenarias exteriores, bem como de elementos decorativos, o restauro de portas, vitrais e gradeamentos de proteção, assim como a drenagem periférica em toda a zona envolvente da Igreja, classificada como Imóvel de Interesse Público (IIP) e propriedade do Estado Português.

A intervenção global é financiada pela Fundação Iberdrola, através do Plano de Intervenção Românico-Atlântico, e pela Iberdrola, no âmbito do Protocolo de Financiamento das Medidas de Minimização da Declaração de Impacte Ambiental do Sistema Electroprodutor do Tâmega, que visa essencialmente a valorização de património cultural.

Imóvel de Interesse Público desde 13 Fevereiro 1964, a Igreja de Nossa Senhora da Azinheira é uma das mais originais igrejas tardo-românicas da zona de Chaves e reflete como, em torno da antiga cidade de Aquae Flaviae, se gerou um foco de arquitetura relativamente homogéneo na viragem para o século XIII. É um templo de nave única curta e capela-mor quadrangular, coberta por teto de madeira.

Publicidade

Fonte desta notícia: DRCN

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade