Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Tua Walking Festival aumenta número limite de inscrições

A criação da Rede de Percursos Pedestres foi o primeiro grande investimento, na área do Turismo de Natureza, do PNRVT. “Este Festival é a forma de rentabilizar esse investimento”, sustenta Domingos Pires, responsável pela PORTUGALNTN.

Face ao sucesso alcançado em 2023, o Festival de Percursos Pedestres do Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT), aumenta este ano de 150 para 250 o limite de participantes em cada uma das caminhadas. O Tua Walking Festival arranca a 23 de março, em Mirandela, e as inscrições já estão abertas.

Tendo por base a rede de Percursos Pedestres homologados, o PNRVT organiza novamente o Tua Walking Festival, um Festival de Percursos Pedestres que quer valorizar e promover o território de forma integrada, incluindo os recursos com maior potencial e que melhor refletem a identidade das comunidades locais.

O evento decorre durante cinco fins-de-semana, com atividades, que acontecem ao longo do ano, um em cada um dos cinco concelhos que integram o Vale do Tua: Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor.

“Uma das novidades é o aumento do número de inscrições até ao limite que não comprometa a qualidade e as questões ambientais, que devemos e queremos acautelar”, adianta o diretor do PNRVT, Artur Cascarejo, clarificando que no ano transato, concretamente na atividade de pedestrianismo, o limite era de 150 inscrições, este ano são admitidos 250 participantes por caminhada.

Tua Walking Festival23
Tua Walking Festival

O modelo mantém-se e é replicado em cada um dos municípios. A ideia do fim-de-semana pretende atrair pessoas também de fora do território e motivá-las a dormir, pelo menos, uma noite na região, razão pela qual no sábado cada um dos municípios desenhou um programa de atividades recreativas e culturais, nomeadamente, visitas ao património, provas de vinhos, provas de produtos locais, workshops, espetáculos musicais, observação de estrelas e até organização de pequenas feiras de produtos da terra. No domingo acontece a caminhada, num dos percursos do PNRVT.

A organização está a cargo da empresa PORTUGALNTN, sempre em parceria com o PNRVT e cada um dos municípios desta área protegida. “E serve este exemplo para deixar outra nota sobre um assunto de que muitos falam e poucos praticam: trabalho em rede”, sublinha o diretor. Efetivamente, desde a conceção até à realização, cada um dos municípios disponibiliza uma equipa de técnicos, que colabora ativamente e de forma coordenada com a entidade promotora e a empresa responsável pela organização.

Este ano o Tua Walking Festival começa no fim-de-semana de 23 e 24 de março, em Mirandela, contando no sábado com um Seminário com o tema “Pedestrianismo e Desenvolvimento dos Territórios”, que se realiza na Escola Superior de Administração, Comunicação e Turismo (ESACT), do Instituto Politécnico de Bragança.

O Seminário é reconhecido e certificado como uma Ação de Curta Duração (ACD), ao abrigo do Despacho nº 5741/2015 de 29/05″ e como uma ação de Formação Contínua para renovação do Título Profissional de Treinador de Desporto (TPTD). Os créditos são atribuídos à Componente de Formação Específica de Pedestrianismo – Graus I, II e III.

Festival é forma de rentabilizar o investimento feito nas infraestruturas

A criação da Rede de Percursos Pedestres foi o primeiro grande investimento, na área do Turismo de Natureza, do PNRVT. “Este Festival é a forma de rentabilizar esse investimento”, sustenta Domingos Pires, responsável pela PORTUGALNTN.

Tua Walking Festival 23 (3)
Tua Walking Festival

O PNRVT possui uma rede de 12 Pequenas Rotas, homologadas pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal (FCMP), com manutenção regular, que garante as condições de segurança e qualidade. A promoção é a sequência natural desse trabalho, para potenciar o investimento, ao mesmo tempo que se aposta nas componentes social, económica e ambiental do território. “Envolvemos as comunidades, ajudamo-las a dar valor aos seus recursos e à sua identidade, criamos dinâmicas económicas locais e contribuímos para a educação ambiental ao adotar boas práticas nas atividades que desenvolvemos”, acrescenta aquele responsável. Por exemplo, a recolha de lixo enquanto se caminha (plogging), o abastecimento de água em boxes, abandonando a distribuição de garrafas de plástico e incentivando ao uso de recipiente reutilizável próprio, o respeito pelas infraestruturas e pelas propriedades, etc.

A presidente da Câmara Municipal de Mirandela, Júlia Rodrigues, que este ano acolhe o primeiro momento do Tua Walking Festival, reitera a importância destas boas práticas, sociais e ambientais, e sublinha a componente do “orgulho” que se estimula nas comunidades. “É muito importante que as pessoas sejam capazes de reconhecer e valorizar os seus recursos e se sintam orgulhosas quando são visitados”, remata.

O Festival acontece em fins-de-semana da “época baixa” pelo que também se apresenta como uma alternativa de animação do território e de combate à sazonalidade da procura turística.

No ano passado as inscrições eram feitas separadamente para cada um dos concelhos, todas esgotaram em poucos dias após a respetiva abertura, este ano isso também pode acontecer, mas foi aberta a possibilidade de fazer a inscrição em simultâneo para os cinco momentos, com direito a uma oferta surpresa a atribuir pelo PNRVT.

As inscrições, bem como os programas individuais em cada um dos concelhos, estão disponíveis no website do PNRVT, em parque.valetua.pt.

Publicidade