Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

“Tesouros Naturais Transmontanos” vão ser divulgados pelo Centro Ciência Viva de Bragança

1.019

Publicidade

O Centro Ciência Viva de Bragança e a Biomater- Ambiente, Sustentabilidade e Conservação Natureza estão a dinamizar atividades de divulgação de algum do património natural mais emblemático da região transmontana.
Estas atividades, denominadas “Tesouros Naturais Transmontanos”, decorrerão em alguns dos locais transmontanos de maior relevância ambiental e com maior biodiversidade, alguns dos quais ainda pouco conhecidos de grande parte da população, o que torna estes locais autênticos tesouros naturais, justificando assim o nome dado às iniciativas.

Entre os locais a visitar contam-se o vale do rio Tua, a serra do Alvão, a serra de Santa Comba, as lagoas do Tâmega ou a mata do Romeu.

Nestes locais encontram-se espécies tão variadas como corços, lobos, inúmeras espécies de árvores, arbustos e plantas herbáceas autóctones, e uma grande diversidade de aves, grupo a que se dará especial relevância em virtude de neste ano ter terminado a recolha de dados para o novo Atlas das Aves Nidificantes de Portugal, trabalho no qual a Biomater foi uma das entidades responsáveis.

As atividades desenvolvidas serão uma ótima oportunidade para dar a conhecer a grande diversidade de aves que se podem observar em meio selvagem, servindo também para perceber a relação dessa diversidade com as características ambientais ou os habitats presentes nas áreas visitadas. Entre as espécies de aves possíveis de observar contam-se várias espécies raras e ameaçadas, algumas das quais de distribuição muito restrita. Com o auxílio de binóculos, poderão facilmente ser observadas várias dezenas de espécies diferentes durante um percurso de poucas horas”, disse Sérgio Bruno Ribeiro, um dos biólogos responsáveis por estas iniciativas.

Estas atividades enquadram-se no programa Ciência Viva no Verão, da responsabilidade da Agência Ciência Viva, e decorrerão até ao dia 5 de setembro. A participação é gratuita, mas carece de inscrição obrigatória. A consulta de informações adicionais e a formalização de inscrições pode efetuar-se através da página de internet da Ciência Viva no Verão

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade