Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

“Sonho de uma noite de verão” com 19 atores “dentro e fora” do palco do Teatro de Vila Real

É a primeira vez que na região do interior norte acontece a Estreia Nacional por uma Companhia Profissional da peça Sonho de Uma Noite de Verão, considerada por muitos estudiosos da arte teatral como a «peça perfeita» de Shakespeare, numa reinterpretação de David Carvalho que enfatiza a comicidade do texto num ambiente cénico renovado.

380

Publicidade

Sonho de Uma Noite de Verão de William Shakespeare é a nova produção da Filandorra – Teatro do Nordeste apresentada hoje em Conferência de imprensa, e que tem a sua estreia a 25 de julho em Vila Real.

É a primeira vez que na região do interior norte acontece a Estreia Nacional por uma Companhia Profissional da peça Sonho de Uma Noite de Verão, considerada por muitos estudiosos da arte teatral como a «peça perfeita» de Shakespeare, numa reinterpretação de David Carvalho que enfatiza a comicidade do texto num ambiente cénico renovado, “dentro e fora” do palco do Pequeno Auditório de Teatro de Vila Real, com a performance teatral a instalar-se também por diferentes espaços do Parque Corgo (nas margens do rio, os jardins, o tanque de xisto), beneficiando do cenário natural que o parque oferece e onde as “fadas brincam” numa noite que se quer mágica.

A produção privilegia assim os espaços ao ar livre como cenário ideal para esta comédia, leve e alegre, que tem tudo para empolgar os espectadores e fazer refletir sobre o amor numa “viagem” ao encontro do reino de Oberon e Titânia, rei e rainha das fadas, e do alegre e travesso Robin, a partir da história dos amores trocados dos jovens Hérmia e Lisandro, Helena e Demétrio numa noite de magia e loucura acompanhados pelos rústicos artesãos na muito lamentosa história de Píramo e Tisbe, proporcionando uma experiência diferente e enriquecedora num contato direto com a performance teatral.

Trata-se da 80ª produção, a maior de sempre deste coletivo teatral e que conta com 19 atores em cena, entre profissionais do elenco fixo da Companhia, amadores, alunos da UTAD, e crianças que com a sua “ingenuidade mágica” brilham no papel de fadas, numa experiência de criação intergeracional onde a troca e transmissão de conhecimentos de parte a parte contribui para a riqueza da performance.

A estreia de Sonho de uma noite de verão é o culminar do trabalho de Residência Artística da Filandorra no Teatro de Vila Real, e a primeira estreia das muitas que a Companhia vai realizar neste equipamento cultural, que agora pertence à RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses, num trabalho de valorização e apoio aos agentes culturais locais.

A peça pode ser vista nos dias 25 e 26 de julho, às 21h30. Os bilhetes são gratuitos e podem ser levantados na bilheteira do TVR.

Pensada para espaços ao ar livre como jardins, bordas de água, etc, e assumindo um tonus de cultura celta, Sonho de Uma Noite de Verão já tem sessões agendadas para Amarante, a 29 de julho, no Claustro da Câmara Municipal, no âmbito do Tamaranto – Festival de Teatro de Amarante, a 6 de Agosto na Praia Fluvial do Rio Teixeira, em Mesão Frio, e a 8 de Agosto nos jardins do Castelo de Montalegre.

Publicidade

Fonte desta notícia: Filandorra

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade