Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Semana da Economia Circular no Instituto Politécnico de Bragança

Cinco dias de sensibilização, mas sobretudo de informação, sobre o que já se faz bem e, particularmente, o que se pode fazer no âmbito deste novo modelo de sociedade.

1.146

Publicidade

De 13 a 17 de setembro o IPB promove Semana da Economia Circular, com o objetivo de estimular a transição para esse modelo económico, pelo uso eficiente dos recursos, dando lugar a novas oportunidades de negócio e ao aumento da produtividade e competitividade da sociedade em geral.

Com o intuito de integrar a Economia Circular em novos modelos de negócios, possibilitando espaços de criatividade, geração de ideias e resposta à mudança, que contribuam para acelerar a transição do modelo “linear” para o modelo “circular” no contexto da eficiência no uso de recursos, o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), promove a semana da Economia Circular, que decorre de 13 a 17 de setembro, na Escola Superior Agrária de Bragança.

Cinco dias de sensibilização, mas sobretudo de informação, sobre o que já se faz bem e, particularmente, o que se pode fazer no âmbito deste novo modelo de sociedade, em que se pode aumentar a produtividade das empresas, com ações como o aproveitamento dos remanescentes e resíduos resultantes dos processos de produção.

Dar nova vida, criar novos produtos, encontrar novas soluções de aumento da produtividade e, ao mesmo tempo, apostar na inovação, com ganhos evidentes não só económicos como ambientais é esse o propósito deste conceito.

A Economia Circular é, sem dúvida, a resposta para aumentar a eficiência e a sustentabilidade de processos produtivos, já que potencia ao máximo os recursos existentes.

Nesta Semana da Economia Circular (SEC), o IPB reúne um conjunto de iniciativas desenvolvidas no âmbito do Projeto INTERREG POCTEP Circular Labs, dirigidas a Empresas, Instituições, Investigadores, Alunos e à População em geral, criando uma oportunidade única para o debate em torno da Economia Circular e do seu impacte na sociedade contemporânea.

Na SEC têm lugar Palestras/Debates, Workshops, Exposições, entre outras atividades, oferecendo um panorama do que se faz atualmente no contexto Noroeste Ibérico Peninsular e das potenciais oportunidades para uma transição da Economia Linear para a Economia Circular.

Especialistas e investigadores de Portugal e Espanha, bem como empresas dos dois países, vão estar presentes para partilhar os seus conhecimentos.

Estas atividades visam estabelecer as condições para novas iniciativas empresariais com a criação de redes de empresários e PME, a promoção do empreendedorismo, o trabalho colaborativo, a utilização partilhada de espaços e equipamentos, a formação e os serviços avançados através da utilização das TIC e tecnologia de impressão 3D.

O carácter inovador deste projeto assenta na metodologia do trabalho em rede, nos mercados, em living labs e na promoção da inovação, através do trabalho colaborativo entre empresas, entidades e a população.

Várias empresas no território já adotaram este conceito e implementaram métodos inovadores de aproveitamento eficiente dos recursos, sendo neste evento apresentados diferentes exemplos em palestras e exposições. Ainda neste âmbito, está prevista uma visita a alguns dos projetos localizados em vários concelhos do distrito de Bragança.

Esta iniciativa é cofinanciado pelo Programa Operacional: EP- INTERREG VA Espanha Portugal (POCTEP) 2014-2020, com fundos FEDER, e envolve um consórcio que é formado por 11 entidades de Portugal e de Espanha: Fundación EOI (Lider), Fundación Patrimonio Natural de Castilla Y León (FPNCyL), Diputación de Ávila, Ayuntamiento de Valladolid, Universidad de Salamanca (Usal), Instituto Ourensán de Desenvolvemento Económic (Inorde), Fundación Paideia Galiza, Maieutica – Cooperativa de Ensino Superior (ISMAI), Associação para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (ADITEC), Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e Município de Montalegre.

A iniciativa está aberta a todos os empreendedores, empresários e comunidade em geral.

Publicidade

Fonte desta notícia: Instituto Politécnico de Bragança

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade