Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Secretárias de Estado da Inovação e Modernização Administrativa e das Comunidades Portuguesas de visita a Alfândega da Fé

Sediado em Alfândega da Fé e em funcionamento há cerca de um ano para as comunidades portugueses no Luxemburgo e na Bélgica, o CAC vai estender-se, no primeiro trimestre de 2022, às comunidades portuguesas na França

112

Publicidade

A Secretária de Estado da Inovação e Modernização Administrativa, Fátima Fonseca, e a Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, estiveram em Alfândega da Fé, no dia 29 de novembro, para uma visita oficial ao Centro de Atendimento Consular (CAC) e Balcão Móvel.

Sediado em Alfândega da Fé e em funcionamento há cerca de um ano para as comunidades portugueses no Luxemburgo e na Bélgica, o CAC vai estender-se, no primeiro trimestre de 2022, às comunidades portuguesas na França, como já confirmado pela Secretária de Estados das Comunidades, Berta Nunes, e vai criar mais 10 postos de trabalho em Alfândega da Fé.

O CAC Bélgica/Luxemburgo funciona no 1º piso do edifício das Finanças, num espaço reabilitado pelo município, já preparado para receber o CAC de França. Um investimento da autarquia de cerca de 110 mil euros que contribuiu para a descentralização deste serviço e criar postos de trabalho neste concelho do interior.

Durante a visita foi ainda feito um balanço da actividade do Balcão Móvel de Alfândega da Fé. Este serviço de proximidade está em funcionamento desde 2019 e tem levado serviços públicos mais perto das populações dos nove concelhos que integram a CIM das Terras de Trás-os-Montes, uma vez que se trata de uma iniciativa que abrange os nove municípios desta comunidade intermunicipal. Desde o início do seu funcionamento este serviço já deu a resposta a mais de 10 mil solicitações de munícipes deste concelho, relacionadas com serviços da autarquia ou da administração central.

Foi ainda anunciado durante a visita que vai abrir o Espaço Cidadão, no edifício da Câmara Municipal. Trata-se de um ponto de atendimento físico para acesso a inúmeros serviços da administração central, local e de entidades privadas que prestam serviços de interesse público. Este modelo permite servir melhor o cidadão, complementando o serviço do Balcão Móvel e disponibilizando as suas funcionalidades através de mais um canal.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Alfândega da Fé

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade