Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Revista Memória Rural foi integrada nos Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal

A integração da Revista Memória Rural nesta plataforma vai permitir uma mais fácil disseminação dos trabalhos aqui publicados, avançando desse modo para outros níveis de partilha como, por exemplo, o portal B-On, Google Scholar, OpenAIRE ou Ciência Vitae, entre outros.

239

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

ARevista Memória Rural (RMR) passou a integrar os Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP).

RMR é disponibilizada digitalmente a partir de um software orientado à difusão da informação científica (OJS), e como tal foi possível a sua integração no sistema nacional de ciência através do Portal RCAAP , um portal de pesquisa nacional de informação científica em acesso aberto.

Após uma avaliação e posterior validação técnica, a Revista Memória Rural foi incluída no diretório do sistema comum de partilha de conteúdos, juntando-se assim às já 152 revistas científicas agregadas neste projeto nacional de difusão da produção científica.

O portal RCAAP tem como objectivo a recolha, agregação e indexação dos conteúdos científicos em acesso aberto (ou acesso livre) existentes nos repositórios institucionais das entidades nacionais de ensino superior, e outras organizações de I&D.

O RCAAP constitui-se como um ponto único de pesquisa, descoberta, localização e acesso a milhares de documentos de carácter científico e académico, nomeadamente artigos de revistas científicas, comunicações a conferências, teses e dissertações, distribuídos por inúmeros repositórios portugueses. A lista dos repositórios agregados no portal pode ser consultada no seu Diretório.

O projeto RCAAP é uma iniciativa da UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP concretizada pela FCCN – Fundação para a Computação Científica Nacional, disponibilizando mais um serviço avançado sobre a rede nacional de investigação e ensino, a Rede Ciência, tecnologia e Sociedade, RCTS, gerida pela FCCN. O projeto é financiado pelo POS_C – Programa Operacional Sociedade do Conhecimento e pela UMIC”.

A integração da Revista Memória Rural nesta plataforma vai permitir uma mais fácil disseminação dos trabalhos aqui publicados, avançando desse modo para outros níveis de partilha como, por exemplo, o portal B-On, Google Scholar, OpenAIRE ou Ciência Vitae, entre outros.

A RMR passou também a integrar o repositório Europeu de “Open Science”, com localização no Zenodo,repositório da infraestrutura OpenAIRE, onde  começaram a ser depositados os artigos produzidos no âmbito desta publicação.

A RMR tem uma periodicidade anual, tendo como principais objetivos temáticos o Património Material/Imaterial e a Memória Histórica da região de Trás-os-Montes e Alto Douro. É num contexto genérico de valorização do Património Cultural que a Revista Memória Rural assume o propósito de fortalecer o processo de comunicação e de difusão do conhecimento associado à investigação desenvolvida sob a égide do projeto museológico do Museu da Memória Rural.

O Museu da Memória Rural (MMR) é uma unidade municipal de investigação e estudo da Cultura e do Património local/regional. O MMR (www.museudamemoriarural.pt) encontra-se disseminado pelo território concelhio de Carrazeda de Ansiães, a partir de um edifício sede e de pequenos núcleos temáticos que fazem abordagens interpretativas e museográficas ao património rural detentor de interesse cultural e histórico, nas vertentes material e imaterial.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade