Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Previsões de mau tempo obrigam a adiar prova de parapente em Macedo de Cavaleiros

Tendo em conta a atual situação meteorológica prevista para local, com previsões de chuva forte e trovoadas, entendeu a organização, numa decisão que a autarquia subscreve, adiar a prova a bem da segurança de pilotos, equipas, organização e demais entidades envolvidas na realização de uma iniciativa desta dimensão e importância.

204

Publicidade

Por motivos que se encontram relacionados com as previsões meteorológicas e os efeitos esperados da tempestade “Óscar”, foi adiada a etapa da Paraglider Portuguese League BôAr Bornes 2023, agendada para o concelho de Macedo de Cavaleiros para os dias 8, 9 e 10 de junho.

Tendo em conta a atual situação meteorológica prevista para local, com previsões de chuva forte e trovoadas, entendeu a organização, numa decisão que a autarquia subscreve, adiar a prova a bem da segurança de pilotos, equipas, organização e demais entidades envolvidas na realização de uma iniciativa desta dimensão e importância. E que, no limite, poderia colocar em causa o sucesso de uma competição nacional e internacional que regressa ao nosso território mais de uma década depois.

O BôAr Parapente Clube já manifestou a vontade de garantir o regresso das competições oficiais de parapente à Serra de Bornes, sendo que irá reagendar este evento para momento oportuno ainda durante esta época desportiva, sempre dependente da natural aprovação da Fédération Aéronautique Internationale, conforme o regulamento, e da Federação Portuguesa de Voo Livre.

A autarquia manifestou vontade e disponibilidade para acolher a prova e disse estar empenhada em “ajudar o BôAr Parapente Clube a levar mais alto e mais longe a modalidade no concelho e no território do Nordeste Transmontano“.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Macedo de Cavaleiros