Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Presidente e Vice-Presidente da Câmara de Montalegre constituídos arguidos

A PJ deslocou-se ao edifício dos Paços do Concelho com “o objetivo de cumprir um mandado de busca e apreensão”. Não se conhece ainda o que motivou este processo de investigação, sabendo-se apenas que o mesmo foi desencadeado a partir de uma denúncia.

0 1.676

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Orlando Alves e David Teixeira, Presidente e Vice-Presidente da Câmara de Montalegre, foram constituídos arguidos depois de uma busca no edifício da autarquia realizada pela Polícia Judiciaária (PJ) na passada quarta-feira. O anúncio foi feito pela própria autarquia num comunicado.

A PJ deslocou-se ao edifício dos Paços do Concelho com “o objetivo de cumprir um mandado de busca e apreensão”.

Não se conhece ainda o que motivou este processo de investigação, sabendo-se apenas que o mesmo foi desencadeado a partir de uma denúncia.

É o próprio Orlando Alves que confirma e anuncia num comunicado que foi constituído arguido, conjuntamente com vice-presidente da autarquia, David Teixeira. Ambos tiveram como medida de coação o termo de identidade e residência.

Publicidade

Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade