Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Prémio Literário João de Araújo Correia atribuído a Manuel Pereira da Costa

Este ano foram também atribuídas três menções honrosas. “Atendendo à elevada qualidade dos contos apresentados, o júri decidiu atribuir três menções honrosas aos contos ‘A Confissão’, da autoria de Ilídia Henrique Ferreira Vale; ‘Douro’ apresentado a concurso por Maria Helena Abreu de Azeredo Malheiro e a ‘O quarto dos fundos’, da autoria de Gislaine Buosi Fechus Monteiro.

0 110

O vencedor do prémio literário nacional João de Araújo Correia foi este ano atribuído a Manuel Pereira da Costa que se apresentou a concurso com o conto “O Porteiro de Rachmaninov”.

A cerimónia que atribuiu a distinção literária decorreu no passado dia 8 de dezembro, no Auditório Municipal do Peso da Régua. O júri, presidido por A.M. Pires Cabral e constituído por Mónica Baldaque, escritora; e por Isabel Alves, Pró-Reitora da UTAD e Professora Auxiliar do Departamento de Letras, Artes e Comunicação , que justificou a sua decisão sublinhando “o rigor da arquitetura narrativa, a excelência da expressão escrita, bem como a força das linhas temáticas, com destaque para o valor da arte e a problemática da emigração”.

Este ano foram também atribuídas três menções honrosas. “Atendendo à elevada qualidade dos contos apresentados, o júri decidiu atribuir três menções honrosas aos contos ‘A Confissão’, da autoria de Ilídia Henrique Ferreira Vale; ‘Douro’ apresentado a concurso por Maria Helena Abreu de Azeredo Malheiro e a ‘O quarto dos fundos’, da autoria de Gislaine Buosi Fechus Monteiro.

José Manuel Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua, sublinhou “a parceria com a Tertúlia João de Araújo Correia, deixando claro que o desenvolvimento de um território assenta na cultura e em iniciativas capazes de promover a nossa identidade”.

O Prémio Literário João de Araújo Correia é uma organização conjunta da Câmara Municipal do Peso da Régua e da Tertúlia João de Araújo Correia e tem como objetivo incentivar a produção literária em língua portuguesa e, simultaneamente, homenagear João de Araújo Correia, um dos mais destacados contistas do século XX.

Publicidade

Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade