Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

“Pranto de Maria Parda” de Gil Vicente na comemoração do Foral de Numão, em Vila Nova de Foz Côa

Estreado em 1993, Pranto de Maria Parda de Gil Vivente, que tem texto acrescentado em versos rimados por A.M. Pires Cabral que introduz a personagem do autor em diálogo com o público através de “coros falados”, foi a 6ª produção da Filandorra e é um dos espetáculos mais visto, com mais de 400 representações.

541

Publicidade

A convite da Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa, a Filandorra – Teatro do Nordeste vai estar no próximo dia oito de julho no castelo de Numão, em Vila Nova de Foz Côa, para assinalar as comemorações do foral da freguesia, com o espetáculo “Pranto de Maria Parda” de Gil Vicente.

Com versão cénica e encenação de David Carvalho, e respeitando fielmente o texto, neste espetáculo a população local é envolvida como elemento ativo da ação dramática: com recurso a adereços e guarda-roupa da época, o público é convidado a assumir “personagens” vicentinas, participando ativamente no espetáculo, nomeadamente no cortejo/procissão final que leva “em andor” a principal personagem, Maria Parda, mais pobre que os pobres que de goelas secas, morre à sede de vinho por não ter quem lho vendesse fiado. Ironia ou não, o espetáculo decorre numa das zonas vinhateiras mais empolgantes da Região Demarcada do Douro!

Estreado em 1993, Pranto de Maria Parda de Gil Vivente, que tem texto acrescentado em versos rimados por A.M. Pires Cabral que introduz a personagem do autor em diálogo com o público através de “coros falados”, foi a 6ª produção da Filandorra e é um dos espetáculos mais visto, com mais de 400 representações. Do seu historial destaca-se a presença em cartaz na EXPO/98 – Pavilhão de Portugal, no Festival de Teatro Português em França (Lyon), nas Comemorações dos 750 anos do Tratado de Zamora (Espanha), para além das aldeias e quintas do Douro com representações em largos e lagares.

O castelo de Numão vai servir de “palco” às preces de Maria Parda por “vinho fiado” num espetáculo a realizar pelas 21h00 e que conta com as interpretações de Anita Pizarro, Bibiana Mota, Débora Ribeiro, Sofia Duarte, Fábio Alves, Paulo Magalhães e Silvano Magalhães.

A participação da Filandorra neste evento decorre da parceria protocolar domínios da produção, formação e animação teatral que mantém com o município há largos e que tem permitido “levar” o teatro a todos os públicos, nomeadamente ao público escolar a partir da programação anual da iniciativa “Ciclos de Teatro Para as Escolas”.

Publicidade

Fonte desta notícia: Filandorra

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade