Informativo Digital do Nordeste Transmontano

“Por favor, não venham”, apela presidente da Câmara Municipal de Vila Real aos emigrantes

“Vocês são filhas e filhos de Vila Real espalhados pelo mundo, são gente que adoramos receber de volta na nossa casa comum. Mas a vossa vinda poderia representar um perigo, principalmente para as nossas populações mais idosas, para os vossos próprios pais e avós”, disse.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Rui Santos, presidente da Câmara de Vila Real, apela aos emigrantes num vídeo distribuído no facebook , para não virem este ano ao país durante a época da Páscoa. “Este vírus infernal que nos assola leva-me agora a pedir-lhes um grande sacrifício, por favor não venham”, pede o autarca de Vila Real.

Vocês são filhas e filhos de Vila Real espalhados pelo mundo, são gente que adoramos receber de volta na nossa casa comum. Mas a vossa vinda poderia representar um perigo, principalmente para as nossas populações mais idosas, para os vossos próprios pais e avós”, disse, reforçando a ideia da perigosidade de disseminação do novo coronavírus entre a população do concelho, que como a maioria dos concelhos transmontanos possui uma população envelhecida e um elevado números de emigrantes que estão disseminados por países como França, Alemanha, Suiça, Luxemburgo e mesmo Espanha.

Mais do que apelar a que as forças de segurança imponham seja o que for, quero apelar-vos a vós que tomem a atitude certa e permanecem nas vossas terras de acolhimento. Quando conseguirmos vencer esta guerra contra a covid-19 cá estaremos novamente, com alegria, a dar-vos o abraço que desejam o merecem. Desta vez não venham a Vila Real na Páscoa, se Deus quiser vamos voltar a ver-nos no próximo verão”, sublinha Rui Santos na sua mensagem de vídeo.

Publicidade

Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade