Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Oposição de Carrazeda de Ansiães com dificuldades em ocupar o lugar de vereador conquistado nas últimas eleições autárquicas

O primeiro candidato pelas listas do "Unidos por Carrazeda", Frederico Meireles, pediu a suspensão de mandato, o segundo, Manuel Pinto, renunciou ao mandato e a decisão do terceiro, neste caso uma senhora, Marina Trigo, aguarda-se com alguma espetativa.

1.235

Publicidade

O grupo de cidadãos “Unidos por Carrazeda” estão a revelar algumas dificuldades na ocupação do lugar de um vereador que os eleitores lhe atribuíram nas últimas eleições autárquicas, realizadas a 26 de setembro de 2021.

O PSD venceu em Carrazeda de Ansiães por maioria absoluta, tendo elegido João Gonçalves como presidente da edilidade e mais três vereadores: Adalgisa Barata, Roberto Lopes e Rui Martins.
O grupo de cidadãos denominado “Unidos por Carrazeda” elegeu o vereador Frederico Meireles, também candidato à presidência da autarquia.

A Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães foi instalada no dia 15 de outubro e no dia 21 outubro Frederico Meireles pediu a suspensão do mandato por um período de um ano, “devido ao facto de por razões profissionais, nos dias em que as reuniões da câmara se realizam, à sexta-feira, se encontrar temporariamente afastado da área da autarquia, por um período que se estima em um ano”.

Perante este pedido de suspensão de mandato foi convocado o cidadão Manuel Almeida Pinto, candidato imediatamente a seguir na ordem da lista apresentada pelo grupo “Unidos por Carrazeda”. Sucede que Manuel Pinto em resposta enviada à autarquia renunciou ao mandato, tendo também invocado motivos de ordem profissional que o impedem de “comparecer às reuniões da câmara municipal e desempenhar as funções com a dedicação que o cargo exige”.

Na sequência do pedido de suspensão do primeiro candidato e do pedido de renúncia do segundo, foi convocada a candidata posicionada no terceiro lugar na lista do “Unidos por Carrazeda” Marina Trigo,  que  também renunciou ao mandato em e-mail enviado à autarquia. Foi assim convocado o candidato posicionado eme 4º lugar, Luis Fonseca Castro Pinto, desconhecendo-se se vai aceitar ocupar o cargo de vereadora da oposição na Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães, em substituição de Frederico Meireles durante o período de vigência do seu pedido de suspensão de mandato.

Notícia em actualização…

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota Pública da CM Carrazeda de Ansiães

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade