Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Openvia escolheu Vila Real para centro de referência da sua plataforma tecnológica

A Openvia propõe um desenvolvimento tecnológico ágil, capaz de se adaptar ao rápido crescimento do setor em que atua, com uma tecnologia muito humana para uma mobilidade mais sustentável, inteligente e em respeito com as pessoas e o meio ambiente.

216

Publicidade

A Openvia, plataforma de tecnologia e inovação do Grupo Globalvia, escolheu Vila Real como centro tecnológico para o desenvolvimento da sua plataforma de mobilidade avançada.

A abertura de escritórios com mais de 650 m² e um staff atualmente constituído por 24 pessoas, está prestes a tornar-se um espaço de valor para o desenvolvimento profissional de perfis tecnológicos formados em prestigiados centros académicos e técnicos, sobretudo na região Norte de Portugal.

A Openvia realizou um evento institucional que decorreu no passado dia 21 de junho nas suas instalações situadas no centro de Vila Real, onde houve uma breve receção e visita, para depois continuar a tarde na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde um pouco do passado, presente e futuro da Openvia foi partilhado com todos os presentes. Assinalou-se o agradecimento a cada uma das 100 pessoas presentes no evento através de uma contribuição da Openvia à Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real, no valor total de mil euros.

Este evento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, do Vereador dos Transportes, Adriano Sousa e do Pró-Reitor da UTAD para a Transição Digital e Modernização Administrativa, Hugo Paredes, bem como parceiros e stakeholders. A participação dos diferentes agentes sociais é uma amostra das aspirações da Openvia, que ambiciona tornar-se um protagonista destacado e promotor da mudança tecnológica nesta região do norte de Portugal.

A Openvia propõe um desenvolvimento tecnológico ágil, capaz de se adaptar ao rápido crescimento do setor em que atua, com uma tecnologia muito humana para uma mobilidade mais sustentável, inteligente e em respeito com as pessoas e o meio ambiente.

O Centro Tecnológico de Vila Real é concebido como um espaço de crescimento, aprendizagem e aperfeiçoamento setorial, com potencial ilimitado.

O maior património da empresa está concentrado na criatividade de cada profissional da Openvia, que proporciona uma visão ampliada das quatro linhas de negócio ativas: Intelligent Roads, Intelligent Operations, Mobility Services y Advanced Air Mobility.

Vila Real, um espaço de formação e sinergia

A escolha de Vila Real para constituir o principal Centro Tecnológico da Openvia responde às possibilidades de estabelecimento de colaborações estratégicas com parceiros tecnológicos internacionais e centros académicos de referência a nível europeu.

A região norte de Portugal concentra perfis profissionais e empresariais complementares que a partir da estratégia, desenvolvimento, prática e análise irão proporcionar melhorias substanciais em qualquer futura utilização da mobilidade.

As sinergias estabelecidas serão traduzidas em propostas reais e práticas, concentradas numa plataforma tecnológica pioneira que concentra soluções para a digitalização de infraestruturas, a melhoria da mobilidade urbana, a aplicação de inteligência artificial na mobilidade e um longo etecetera.

Presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, mostrou-se agradado com a escolha de Vila Real para a localização da empresa tendo expressado os seus parabéns aos diretores da Openvia. “Quero expressar meus sinceros parabéns aos diretores, gerentes e todos os colaboradores dest aempresa pela coragem e compromisso, qualidades que serão a base de seu sucesso. O seu sucesso não será só deles, mas também nosso, pois contribuirá para a riqueza e o valor acrescentado gerados no nosso país. Além disso, é evidente o impacto positivo que a presença desta organização tem ao gerar postos de trabalho numa zona do território nacional que tanto o necessita. A promoção da criação de emprego é hoje uma das maiores preocupações de qualquer município. Por isso, desejo-lhes as maiores felicidades nesta nova etapa que estão a empreender em Vila Real, e quero que saibam que estamos ao seu lado, sempre prontos a oferecer a nossa ajuda em tudo o que estiver ao nosso alcance.”

O Pró-Reitor para a Transição Digital e Modernização Administrativa da UTAD, Hugo Paredes, disse que “este dia representa muito para nós UTAD, por nos terem escolhido a nós para realizar este evento e ao Município para começar este evento e isto representa a tripla hélice a funcionar, a Universidade – o conhecimento, a Indústria – a aplicação do conhecimento, e o Suporte do Município, do Governo, para que tudo isto funcione. E depois falta uma parte da hélice que são as Pessoas, a Comunidade, e que se encontra aqui em Vila Real de uma forma particular. A dimensão de Vila Real permite que todo este ecossistema de inovação tenha algo especial e acredito que isto tenha estado muito na decisão de quererem estar aqui, quererem estar connosco, quererem estar com a UTAD, quererem estar com Vila Real. Isto representa também muito do que é a missão da UTAD na Região, que se assume como a entidade da promoção do conhecimento e da inovação na Região”.

Publicidade