Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

“O dia em que Deus começou a desmontar o mundo” é o vencedor do I Prémio Literário Professor Adriano Moreira

Através da obra, o autor, neurocirurgião aposentado nascido em Almendra (Vila Nova de Foz Côa), recorda as relações entre brancos e negros, desde a primeira Grande Guerra Mundial até aos anos 90, tendo sido escrito, como se pode ler no prólogo, “sobre duas formas diversas de encarar o mundo”.

839

Publicidade

“O dia em que Deus começou a desmontar o mundo” é o romance vencedor do I Prémio Literário Professor Adriano Moreira. A revelação do vencedor foi feita hoje numa apresentação em Bragança.

Às vezes, Dumba deixava-se possuir pelas memórias. Nessas alturas, o tempo não contava. O passado e o presente confundiam-se, como acontecia nas cabeças de alguns velhos. Volta, agora, a ter em frente o velho Muvandi e escutava-lhe as palavras”.

Assim inicia o livro “O dia em que Deus começou a desmontar o mundo”, de António Trabulo, vencedor da primeira edição do Prémio Literário da Lusofonia Professor Adriano Moreira e apresentado, oficialmente, no dia 19 de junho.

Através da obra, o autor, neurocirurgião aposentado nascido em Almendra (Vila Nova de Foz Côa), recorda as relações entre brancos e negros, desde a primeira Grande Guerra Mundial até aos anos 90, tendo sido escrito, como se pode ler no prólogo, “sobre duas formas diversas de encarar o mundo”.

O Prémio Literário da Lusofonia Professor Adriano Moreira, cuja segunda edição se encontra a decorrer, estando em fase de avaliação os trabalhos candidatados, visa, assim, incentivar a promoção e a criatividade literárias, no âmbito da temática da Lusofonia, valorizando as relações culturais entre Instituições Culturais de Países de Língua Oficial Portuguesa.

Com a criação deste prémio, pretendemos, também, divulgar e prestigiar a obra de autores que cultivam a diversidade dos valores culturais e identitários dos povos da Lusofonia”, destacou o Presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias.

O Prémio Literário da Lusofonia Professor Adriano Moreira é promovido pelo Conselho de Curadores da Biblioteca Adriano Moreira.

Publicidade

Fonte desta notícia: nota de imprensa Município de Brgança

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade