Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Novo grupo de teatro surge na região

O TEN nasceu em 2018 como um coletivo da comunidade transmontana que tem como principal objetivo “traçar um trajeto artístico em comum”.

169

[dropcap]C[/dropcap]hama-se TEN (Teatro Experimental do Nordeste) e vai apresentar a sua primeira obra na região. “Pas de Deux”, é um trabalho produzido a partir da obra “Nada de dois”, de Pedro Mexia e encontra-se em itinerância, numa co-produção com o Teatro Municipal de Vila Real.

A digressão inicia-se no próximo dia 27 de Abril de 2019, com uma apresentação no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros, pelas 21.30 horas.

Na peça procura-se “analisar relações conjugais de diversas configurações que percorrem os nossos dias, sob um discurso rápido, intenso, e portador de um humor que oscila entre a ternura do romantismo e o chicote implacável do ciúme. Por outro lado, e em tempos de forte questionamento de papéis sociais, alimentam também a reflexão sobre a ideia de homem e de mulher que ainda somos ou aspiramos”.

O TEN nasceu em 2018 como um coletivo da comunidade transmontana que tem como principal objetivo “traçar um trajeto artístico em comum”. O grupo é constituído por Alexandre Sampaio, encenador, performer, produtor cultural e formador em teatro e drama; Ricardo Raminhos, fotógrafo e videasta e por Gisela Firmino, João Cardoso, José Paulo Tavares, Luís Quinas Guerra, Rosa Monteiro e Vítor Martins.

Após a estreia, em Dezembro de 2018, no Teatro de Vila Real, o TEN apresenta “Pas de Deux” em itinerância. O primeiro espectáculo desta digressão terá lugar no dia 27 de Abril de 2019, no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros, pelas 21.30 horas

Publicidade