Informativo Digital

“Museu de Lamego. Museu para Todos”

A Direção Regional de Cultura do Norte promove a apresentação oficial da Operação “Museu de Lamego. Museu para Todos”, no próximo sábado, dia 12 setembro, pelas 16h00, no Museu de Lamego.

274

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

Representando um investimento total de 1 Milhão de Euros, cofinanciados pelo Programa Operacional Norte 2020, a Operação “Museu de Lamego. Museu Para Todos” tem como principais objetivos reforçar a vocação pública do museu, sob um padrão de qualidade e excelência, comprometendo-a com uma melhoria constante da experiência cultural e educativa de um público cada vez mais amplo e abrangente, e desenvolver novas ferramentas para que visitantes e usuários disponham de facilidades e acessibilidades que lhes permitam melhor desfrutar da visita ao museu, transformando-o num espaço inclusivo, PARA TODOS.

Assim, serão concretizadas a melhoria das condições de acessibilidade do Museu de Lamego; a qualificação da oferta expositiva e patrimonial disponível; a criação de sinergias locais e com fluxos de turismo e a dinamização do museu e a sua divulgação.

Coincidindo com o lançamento da Operação, o Museu de Lamego promove uma mesa-redonda titulada «De paço a museu», com a participação do historiador Nuno Resende e da arquiteta Armanda Abreu, que contará ainda com a presença do Diretor Regional de Cultura do Norte, António Ponte, complementada pelas visitas encenadas «Segredos do paço», pela Sons&Ecos.

«De paço a museu», dia 12 de setembro, procura justamente promover uma conversa sobre as vicissitudes várias por que tem passado o edifício, onde o museu se encontra instalado: o palácio Setecentista que foi residência dos bispos de Lamego. Mandado reedificar no último quartel do século XVIII, pelo bispo de Lamego, D. Manuel de Vasconcelos Pereira, a mesa-redonda tem por objetivo refletir sobre o passado, presente e futuro deste edifício histórico, tendo como ponto de partida uma abordagem sobre a figura do bispo reformador, no contexto político, social, económico e cultural de Lamego e do Douro, ao tempo do Marquês do Pombal, para terminar com uma abordagem sobre o projeto de requalificação de que o edifício vai ser alvo, com vista à melhoria das suas acessibilidades física e comunicacional, apresentado pela sua autora.

No mesmo dia, mas à noite, e com reposição, no dia seguinte, pelas 16h00, os «Segredos do paço», convidam a uma viagem ao século XVIII, ao tempo de D. Manuel de Vasconcelos Pereira e ao quotidiano do palácio, para descobrir alguns dos seus segredos.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa DRCN

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade