Informativo Digital do Nordeste Transmontano

“Museu de Lamego. Museu para Todos”

A Direção Regional de Cultura do Norte promove a apresentação oficial da Operação “Museu de Lamego. Museu para Todos”, no próximo sábado, dia 12 setembro, pelas 16h00, no Museu de Lamego.

0 238

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

Representando um investimento total de 1 Milhão de Euros, cofinanciados pelo Programa Operacional Norte 2020, a Operação “Museu de Lamego. Museu Para Todos” tem como principais objetivos reforçar a vocação pública do museu, sob um padrão de qualidade e excelência, comprometendo-a com uma melhoria constante da experiência cultural e educativa de um público cada vez mais amplo e abrangente, e desenvolver novas ferramentas para que visitantes e usuários disponham de facilidades e acessibilidades que lhes permitam melhor desfrutar da visita ao museu, transformando-o num espaço inclusivo, PARA TODOS.

Assim, serão concretizadas a melhoria das condições de acessibilidade do Museu de Lamego; a qualificação da oferta expositiva e patrimonial disponível; a criação de sinergias locais e com fluxos de turismo e a dinamização do museu e a sua divulgação.

Coincidindo com o lançamento da Operação, o Museu de Lamego promove uma mesa-redonda titulada «De paço a museu», com a participação do historiador Nuno Resende e da arquiteta Armanda Abreu, que contará ainda com a presença do Diretor Regional de Cultura do Norte, António Ponte, complementada pelas visitas encenadas «Segredos do paço», pela Sons&Ecos.

«De paço a museu», dia 12 de setembro, procura justamente promover uma conversa sobre as vicissitudes várias por que tem passado o edifício, onde o museu se encontra instalado: o palácio Setecentista que foi residência dos bispos de Lamego. Mandado reedificar no último quartel do século XVIII, pelo bispo de Lamego, D. Manuel de Vasconcelos Pereira, a mesa-redonda tem por objetivo refletir sobre o passado, presente e futuro deste edifício histórico, tendo como ponto de partida uma abordagem sobre a figura do bispo reformador, no contexto político, social, económico e cultural de Lamego e do Douro, ao tempo do Marquês do Pombal, para terminar com uma abordagem sobre o projeto de requalificação de que o edifício vai ser alvo, com vista à melhoria das suas acessibilidades física e comunicacional, apresentado pela sua autora.

No mesmo dia, mas à noite, e com reposição, no dia seguinte, pelas 16h00, os «Segredos do paço», convidam a uma viagem ao século XVIII, ao tempo de D. Manuel de Vasconcelos Pereira e ao quotidiano do palácio, para descobrir alguns dos seus segredos.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa DRCN
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade