Informativo Digital

Município de Torre de Moncorvo estabelece formas de circulação segura para peões

O Município de Torre de Moncorvo aconselha que os cidadãos devem circular sempre no passeio do lado esquerdo, atento o sentido da marcha, deixando livre a zona mais à esquerda, para zonas de espera dos estabelecimentos de comércio e serviços.

780

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

A Câmara Municipal de Torre de Moncorvo estabeleceu algumas normas para a circulação pedonal na sede de concelho. Para isso, está a proceder à colocação de marcas que estabelecem o sentido da circulação, setas pintadas a verde e a vermelho, linhas de espera junto dos estabelecimentos comerciais de acordo com o devido distanciamento, assim como placas de fila única.

O Município de Torre de Moncorvo aconselha que os cidadãos devem circular sempre no passeio do lado esquerdo, atento o sentido da marcha, deixando livre a zona mais à esquerda, para zonas de espera dos estabelecimentos de comércio e serviços; ao aceder aos estabelecimentos de comércio e serviços, ao aproximar-se do estabelecimento, os cidadãos devem encostar mais à esquerda e esperar a sua vez para entrar; para aceder aos estabelecimentos de comércio e serviços localizados no lado oposto do sentido da marcha, os cidadãos deverão atravessar a via na passadeira, depois de passar o estabelecimento onde pretendem ir e, ao aproximar-se do estabelecimento, os cidadãos devem encostar mais à esquerda e esperar a sua vez para entrar.

Para manter a população informada a autarquia criou um folheto com todas as indicações que está a ser distribuído pela população. No entanto, a Câmara Municipal de Torre de Moncorvo apela a todos os munícipes para cumprirem as normas implementadas no âmbito da circulação pedonal, no que diz respeito ao sentido das setas e a distância marcada no chão através de fila única. Os cidadãos devem ainda continuar a cumprir as orientações das autoridades de saúde, sobretudo, no que respeita ao distanciamento social.

A iniciativa surge devido à possibilidade de reativação gradual, faseada, alternada e diferenciada de serviços, empresas e estabelecimentos, caminhando-se para o regresso progressivo dos moncorvenses à normalidade das suas vidas.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de imprensa Câmara Municipal de Torre de Moncorvo | Luciana Raimundo

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade