Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Município de Mirandela homenageia Pe. Ernesto Sales

Ernesto Augusto Pereira de Sales nasceu em Mogadouro no dia 23 de novembro de 1864 e aos três anos de idade mudou-se para Mirandela. Concluiu, em 1883, o Curso de Teologia no Seminário de Bragança. Ordenado sacerdote em 1887 foi paroquiar Suçães até 1892 e Franco até 1893, passando a ser capelão militar da arma de Engenharia e pároco da Igreja da Graça em Lisboa.

514

Publicidade

O Município de Mirandela vai homenagear o Pe. Ernesto Sales, pelo relevante impulso que deu à história local. No dia da homenagem, a 20 de novembro de 2021, pelas 15 horas, no Salão Nobre do Paço dos Távoras, perfazem 75 anos do seu falecimento.

Ernesto Augusto Pereira de Sales nasceu em Mogadouro no dia 23 de novembro de 1864 e aos três anos de idade mudou-se para Mirandela. Concluiu, em 1883, o Curso de Teologia no Seminário de Bragança. Ordenado sacerdote em 1887 foi paroquiar Suçães até 1892 e Franco até 1893, passando a ser capelão militar da arma de Engenharia e pároco da Igreja da Graça em Lisboa. Em 1891 fez, juntamente com mais 9 colegas, entre os quais o Abade de Baçal, concurso por provas públicas.

Destacou-se como escritor bem documentado e ajudou imenso o Abade Baçal na sua obra monumental. Para Mirandela, sobrelevam-se as obras “Mirandela: apontamentos históricos” e ainda o livro “Gente de Mirandela”.
Da sua obra bibliográfica consta:

  • Notícia Histórica de Nossa Senhora do Amparo de Mirandela (1887).
  • Discurso comemorativo da Batalha do Bussaco (1904).
  • Livro do Soldado para sua educação moral e patriótica (1905).
  • Livro do curso de instrução elementar para Praças de Pret (1908).
  • Cartilha Militar (1908).

Subsídios para a biografia do Dr. Francisco da Fonseca Henriques (Dr. Mirandela, médico de D. João V) (1921);

 

Documentos Históricos:

  •  O Foral e o Pelourinho da extinta Vila de Frechas (1923)
  • Nosso Senhor dos Passos da Graça (1925)
  • Bandeiras e Estandartes Regimentais do Exército e da Armada e outras bandeiras militares (separata do Elucidário Nobiliárquico) (1930)
  • Cerâmica portuguesa; a propósito de duas lápides (1932), O Conde de Lippe em Portugal – Comissão de História Militar (1937), A Capela de Nª Sª da Glória (no Bairro da Graça, em Lisboa – 1943), A Igreja da Graça, jazida de 4 governadores da Índia (1947)
  • Mirandela Apontamentos Históricos de 1250 a 1920 (Vol. I e II, 1950).

À extensa obra junta-se, ainda, o referido livro «Gente de Mirandela» (1916), sobre o período de 1258 a 1908 e propriedade do Museu de Bragança. Obra trabalhada por Jorge Sales Golias, em colaboração com o professor universitário mirandelense Telmo Verdelho.

O Padre Ernesto Sales é patrono da Biblioteca do Exército, tendo ainda feito parte de associações de prestígio. Foi secretário da Comissão de História Militar e pertenceu à Sociedade Portuguesa de Estudos Históricos e à Associação dos Arqueólogos Portugueses.

Pelo seu mérito e ação foi agraciado com o Grau de Cavaleiro e Oficial da Ordem de S. Bento de Aviz. Tem o nome gravado na toponímia de Mirandela, de Mogadouro e de Bragança.

O evento, promovido pela Câmara Municipal de Mirandela, através da Biblioteca Municipal Sarmento Pimentel, contará com as intervenções do Cónego Silvério Pires e do Professor Doutor Telmo Verdelho, bem como um momento musical interpretado pela Escola Profissional de Arte de Mirandela – ESPROARTE. Durante a cerimónia haverá ainda um momento de leitura de trechos considerados relevantes da obra do Pe. Sales.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade