Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Município de Carrazeda de Ansiães inicia processo de reabertura ao público de serviços e equipamentos

Seguindo as normas emanadas pela DGS a frequência destes espaços estão condicionadas à obrigatoriedade do cumprimento de determinados requisitos destacando-se entre estes: o uso obrigatório de máscara, a higienização frequente das mãos, o distanciamento físico (distância mínima de 2 metros) e a etiqueta respiratória.

0 571

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

O Município de Carrazeda de Ansiães iniciou dia 18 de Maio o processo de reabertura de serviços, com a abertura do atendimento presencial no Gabinete de Apoio ao Munícipe, dos serviços de Ação Social, do Centro de Inovação Tecnológica INOVARURAL de Carrazeda de Ansiães, da Loja interativa de Turismo e da Biblioteca Municipal.

Na próxima quarta-feira, dia 20 de Maio irão abrir ao público os Centro Interpretativos e Espaço Museológicos do concelho, destacando-se entre estes o Museu da Memória Rural em Vilarinho da Castanheira, o Centro Interpretativo do Vale do Tua e as Portas de Entrada do Parque Natural Regional do Vale do Tua, em Foz-Tua. Os horários de funcionamento destes equipamentos culturais mantêm-se inalterados assim como o período de abertura ao público, de quarta-feira a domingo.

Seguindo as normas emanadas pela DGS a frequência destes espaços estão condicionadas à obrigatoriedade do cumprimento de determinados requisitos destacando-se entre estes: o uso obrigatório de máscara, a higienização frequente das mãos, o distanciamento físico (distância mínima de 2 metros) e a etiqueta respiratória.

As entradas nos referidos equipamentos estão também limitadas a um número restrito de atendimento e visitantes referindo-se o seguinte:
Gabinete de Apoio ao Munícipe (GAM), para efeitos de atendimento presencial, podem ser atendidos dois munícipes em simultâneo;

Centro de Inovação Tecnológica Inovarural de Carrazeda de Ansiães (CITICA), na Sala de exposições temporárias e na Galeria Alberto Carneiro, podem permanecer três pessoas em cada um dos espaços;

Edifício de Apoio ao Movimento Associativo (ESAMA), para efeitos de atendimento na área da ação social, só será atendida uma pessoa de cada vez;

Loja Interativa de Turismo só será permitida a permanência no espaço de uma pessoa;

Biblioteca Municipal, podem permanecer no interior quatro pessoas;

Museu da Memória Rural de Vilarinho da Castanheira, podem permanecer no interior sete pessoas, e as visitas guiadas serão efetuadas para grupos com o máximo de cinco pessoas;

Edifício da Porta de Entrada do Parque Natural Regional do Vale do Tua, podem permanecer no interior três pessoas;

Centro Interpretativo do Vale do Tua; As visitas guiadas serão efetuadas para grupos com o máximo de cinco pessoas; no átrio de entrada podem permanecer duas pessoas e na sala de visualização de vídeo podem permanecer duas pessoas.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de de Imprensa CM Carrazeda de Ansiães
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade