Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Mirandela é ponto de partida do Portugal Lés-a-Lés Off Road 2022

Cerca de 500 motards são esperados, no próximo fim de semana, na cidade do Tua. Com o número máximo de inscrições alcançados, a 7.ª edição do Portugal de Lés-a-Lés Off Road 2022 acontece de 1 a 4 de outubro, numa aventura desenhada de 1000 quilómetros entre o norte e o sul do país, em fora-de-estrada, ligando Mirandela a Vila Real de Santo António.

207

Publicidade

Portugal de Lés-a-Lés arranca este ano de Mirandela e conta com a paerticipação de a de 500
motards, anunciou o Município de Mirandela em nota de imprensa.

O Portugal de Lés-a-Lés Off Road é organizado pela Comissão de Mototurismo da FMP – Federação de Motociclismo de Portugal, é um evento de turismo/aventura, sem fins competitivos nem classificações, mas que, pela sua relativa dureza, caracteriza-se como um desafio de superação pessoal. É intenção levar os participantes com motos preparadas para a prática de “offroad”, a passear e descobrir o potencial cultural e paisagístico de Portugal numa vertente de todoo-terreno.

Com o número máximo de inscrições alcançados, a 7.ª edição do Portugal de Lés-a-Lés Off Road 2022 acontece de 1 a 4 de outubro, numa aventura desenhada de 1000 quilómetros entre o norte e o sul do país, em fora-de-estrada, ligando Mirandela a Vila Real de Santo António.

O evento conta com o apoio da Câmara Municipal, da Associação Comercial e Industrial de Mirandela, da Confraria da Alheira de Mirandela e dos produtores de Alheira de Mirandela IGP, os cerca de 500 participantes deste evento, oriundos de vários pontos do país, terão a oportunidade de degustar a Alheira de Mirandela em 25 restaurantes da cidade do Tua.

A autarquia considera que, através deste evento, o território mirandelense será promovido pela totalidade do país, a nível turístico, cultural e gastronómico.

Campanha de Sensibilização “Reflorestar Portugal de Lés-a-Lés”

Nesta 7.ª edição do Portugal de Lés-a-Lés Off-Road a FMP lançou de novo uma campanha de sensibilização dirigida aos alunos do ensino básico para que estes possam sentir e conhecer a importância da escolha das espécies de árvores próprias de cada região para reflorestação.

Em Mirandela, cerca de 600 alunos dos terceiros anos do 1.º ciclo de todos os estabelecimentos de ensino público e privado do concelho receberão a visita da comitiva do Lés-a-Lés, que trazem, na sua bagagem, árvores de espécies autóctones e materiais didáticos alusivos ao tema, para oferta a cada um destes alunos.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade