Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Miranda do Douro pretende registar o número de capas de honras existentes e a sua antiguidade

A Capa de Honras é uma das mais emblemáticas peças do vestuário tradicional português, com uma dimensão identitária única.

227

Publicidade

A Câmara de Miranda do Douro, promove no próximo dia 26 de março, o “Angradecimiento de la Capa d´ Honras Mirandesa”, uma peça “única” do vestuário tradicional português e, ainda em uso no concelho mirandês.

Este evento pretende valorizar a capa de honras assim como registar o número de capas existentes e a sua antiguidade.

A Capa de Honras é uma das mais emblemáticas peças do vestuário tradicional português, com uma dimensão identitária única.

De porte majestoso, as origens da Capa de Honras remontam aos tempos medievais, derivando da capa de asperge ou capa pluvial, nos seus primórdios repousando sobre os ombros de clérigos e dignitários eclesiásticos.

A sua adopção pelas gentes mirandesas, entre boieiros e pastores, numa primeira fase e depois como atributo de fidalguia e de reconhecida importância social pelos seus portadores na comunidade mirandesa, fez desta peça de vestuário um símbolo da “proua” dos mirandeses, sendo hoje reconhecida como uma das mais representativas marcas identitárias da Terra de Miranda.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Miranda do Douro