Informativo Digital

Março e abril são meses de atividade cultural em Alfândega da Fé

No dia 20 de março o escritor Ernesto Areias apresenta a obra “ Neste Cais, para Sempre”, às 14h00 na Biblioteca Municipal. No dia 4 de abril a escritora Virgínia do Carmo apresenta o seu livro “Uma luz que nos nasce por dentro”, pelas 16h00 também na Biblioteca Municipal.

342

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Março arrancou em grande com a 11ª Edição do Festival de Teatro em Alfândega da Fé. Uma iniciativa que apresenta novas peças nos dias 9, 15 e 29, com entrada livre no auditório da Casa da Cultura Mestre José Rodrigues.

Também no dia 15, os mais audazes fazem-se à Serra na grande subida do KM Vertical. Uma corrida única e especial, num percurso sempre em ascensão, com quase 1.000 metros de desnível positivo ao longo de 10 Km. O evento desdobra-se geograficamente e contempla também o sul do concelho, junto aos “Lagos do Sabor”, onde decorre a caminhada de 8 km e o convívio de todos os participantes.

Para os atletas mais jovens está reservado o dia 28 de março com o Km Jovem Distrital, uma competição de pista de apuramento para o Km Jovem Nacional, da Federação Portuguesa de Atletismo.

Nos dias 6, 7 e 8 o fim de semana é dedicado à gastronomia com a adesão de alguns restaurantes locais à XII Edição dos Fins de Semana Gastronómicos, promovidos pelo Turismo Porto e Norte. Uma oportunidade para saborear pratos únicos confecionados com produtos de excelência desta região.

Passamos para os livros que em março e abril contam com dois momentos de destaque. No dia 20 de março o escritor Ernesto Areias apresenta a obra “ Neste Cais, para Sempre”, às 14h00 na Biblioteca Municipal. No dia 4 de abril a escritora Virgínia do Carmo apresenta o seu livro “Uma luz que nos nasce por dentro”, pelas 16h00 também na Biblioteca Municipal.

No dia 4 de abril o Auditório da Casa da Cultura abre portas a uma iniciativa solidária. Em jeito de celebração da Quaresma, o Concerto “Sons da Quaresma” visa a angariação de fundos para a construção da Residência Paroquial de Alfândega da Fé e promete um espectáculo musical com o “Coro Arco-íris”, “Juntos Construímos a Paz” e o projeto “O que é Singular num Coletivo” (do Museu do Douro/Associação Musical e Município de Alfândega da Fé).

Em abril abre ao público uma nova Exposição no CIT – Centro de Interpretação do Território. Trata-se de uma mostra das fotografia vencedoras da II Maratóna Fotográfica, para visitar “Porque te (Im)Portas e Janelas” a partir do dia 5. Também a Galeria de Exposições Manuel Cunha recebe uma nova exposição, a partir de 14 de abril estará patente a Exposição Coletiva “Da Liberdade às Causas da Arte”. Uma boa introdução para as comemorações do Dia da Liberdade. A 18 de abril é tempo de assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com diversas iniciativas que serão promovidas em colaboração com a Direção do Património Cultural.

A 25 de abril, Alfândega da Fé assinala a Revolução dos Cravos com as solenidades do hastear da bandeira, entoação do Hino Nacional e a realização da Assembleia Municipal evocativa da data. À noite está reservado um espectáculo de poesia e música promovido por Victorino de Almeida e Aurelino Costa. A não perder às 21h30 no Auditório da Casa da Cultura Mestre José Rodrigues.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Alfândega da Fé

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade