Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Macedo fecha parceria com a Gestifly e reforça posição como ‘cluster’ aeronáutico

Empresa instala polo de manutenção, treino e operação de helicópteros em Macedo para competir diretamente com Madrid e Barcelona.

606

Publicidade

A Gestifly vai instalar em Macedo de Cavaleiros um polo de manutenção, treino e operação de helicópteros, que vai permitir ao concelho, de acordo com palavras do próprio diretor executivo da Gestifly, concorrer ao nível ibérico com Madrid e Barcelona. O presidente da autarquia macedense, Benjamim Rodrigues, salienta que “este é mais um passo para o objetivo que a Câmara de Macedo definiu para o Heliporto Municipal: a criação de um cluster aeronáutico”.

A instalação de mais esta empresa naquela infraestrutura municipal surge depois de assegurada a abertura de um curso de formação para técnico de manutenção de aeronaves, em parceria com a ATCentro. Benjamim Rodrigues explica que estas parcerias “vêm justificar todo o investimento que a autarquia efetuou na modernização e ampliação do heliporto”.

Os responsáveis da Gestifly explicam que a escolha de Macedo de Cavaleiros se deveu à centralidade do concelho face a todo o Norte de Portugal e Espanha, para aquele que é o tipo de serviços prestados, na área de manutenção, treino e até a própria operação.

Se tivermos um helicóptero em operação no Norte de Espanha, a combater incêndios, por exemplo, é muito mais rápido e económico trazê-lo a Macedo fazer a manutenção do que voar até Madrid ou Barcelona”, sustenta Luís Ferreira, diretor executivo da Gestifly. Este responsável frisa que “as condições que a Câmara tem criado nos últimos anos têm sido um investimento muito importante para reforçar o Centro de Meios Aéreos”.

O contrato ora assinado é válido por cinco anos, sendo automaticamente renovável no final desse período, se ambas as partes mantiverem o interesse na parceria. No articulado ficou ainda previsto um conjunto de reduções no valor da mensalidade paga pela Gestifly, no caso de a empresa recrutar colaboradores residentes no concelho, com relação laboral superior a um ano, ou formandos do curso de Técnico de Manutenção de Aeronaves, com conexão material no concelho.

É mais um incentivo que procuramos dar para fomentar o emprego no nosso concelho”, explica Benjamim Rodrigues. E, em simultâneo, “é nossa intenção criar condições para complementar a parte prática da formação dos futuros mecânicos de helicópteros que vão frequentar o curso de manutenção de aeronaves no Centro de Meios Aéreos”.

A autarquia macedense está confiante que “esta é mais uma importante parceria para Macedo de Cavaleiros, já que não só irá gerar mais emprego, como irá contribuir para recrutar para o nosso território mão-de-obra altamente especializada”.

É a prova de que os investimentos que fizemos no passado recente foram acertados e que, a breve prazo, vão começar a ter reflexos efetivos no nosso concelho, designadamente ao nível da criação de emprego, bem como da atração de novas empresas”, sustenta o presidente da Câmara.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de macedo de Cavaleiros