Informativo Digital

Jardins de Infância de Bragança protegidos com estruturas para condições climatéricas adversas

A medida é válida enquanto os circuitos de entrada/saída temporários (definidos no âmbito das orientações de organização das atividades letivas para o ano em curso) estejam em vigor, neste contexto de pandemia.

163

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

O Município de Bragança instalou, à entrada dos Jardins de Infância, sob alçada Municipal, que apresentavam essa necessidade (no Centro Escolar da Sé, no Centro Escolar de Santa Maria e no Jardim de Infância da Estação), estruturas de proteção às condições climatéricas adversas, para melhor cumprimento das orientações da Direção-Geral de Saúde.

A medida é válida enquanto os circuitos de entrada/saída temporários (definidos no âmbito das orientações de organização das atividades letivas para o ano em curso) estejam em vigor, neste contexto de pandemia. Estas infraestruturas procuram proteger pais e filhos no acesso físico às instalações, durante o rigoroso período de inverno brigantino, enquanto são cumpridos os protocolos de desinfeção obrigatórios para acesso ao interior dos estabelecimentos de ensino (troca de calçado à entrada e passagem nos dispensadores de álcool-gel).

Estas ações surgem do cumprimento das orientações emanadas pela Direção-Geral de Saúde, dado o contexto epidemiológico que o país e o mundo atravessam, e que preveem a troca de calçado e respetiva desinfeção à entrada das instituições de ensino pré-escolar. Esta situação, em termos de execução, obrigaria pais e alunos a um período de espera à entrada das escolas e, por consequência, a estarem sujeitos às intempéries do período de inverno. Com a instalação destes túneis de acesso aos Jardins de Infância, o Município garante que toda a comunidade escolar tenha condições condignas para cumprir as normas de segurança ao longo do ano letivo, a bem de todos.

Recorde-se que o Município já tinha realizado, em tempo útil, junto dos três Agrupamentos de Escolas do concelho, o levantamento exaustivo das respetivas necessidades para o ano letivo atípico em curso. Em termos estruturais, apenas estes três jardins de infância (Centro Escolar da Sé, Centro Escolar de Santa Maria e Jardim de Infância da Estação) apresentaram a necessidade de colocação dos respetivos túneis de acesso, estando já em vigor, desde o início do ano letivo, a utilização dos vários equipamentos adquiridos pelo Município no âmbito da prevenção à Covid-19, como tapetes desinfetantes, dispensadores a álcool-gel, sinalética, cabides, estantes/armários e o material para serviço de refeições escolares.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade