Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Formação inovadora de agricultura chega ao Douro pelas mãos do IEFP e reconhecidos produtores do setor

Curso de Operador Agrícola Especializado arranca em maio no distrito de Vila Real, após o sucesso da edição de estreia em Évora. Este é a segunda edição da primeira formação desenvolvida pelo Laboratório de Agricultura, integrado no Pro_Mov, o braço do programa europeu Reskilling4Employment (R4E), que pretende requalificar 20 mil pessoas em Portugal até 2025

Curso Operador Agrícola Especializado
387

Publicidade

O distrito de Vila Real vai acolher a segunda edição do curso de Operador Agrícola Especializado, uma formação inovadora e a primeira especializada nas culturas da vinha, olival e tomate. Promovida pelo IEFP em colaboração com empresas reconhecidas do setor, esta é uma formação remunerada, com uma forte componente prática em contexto de trabalho e com elevado potencial de empregabilidade.

Depois de dar o pontapé de saída no Alentejo no final de 2022, o curso de Operador Agrícola Especializado é agora alargado à região do Douro, numa colaboração entre o IEFP de Vila Real e as empresas Adega Mayor, Aveleda, Esporão, Sogrape, Sovena, Sugal, Symington Family Estates e The Fladgate Partnership.

“Apostando num currículo simplificado, com forte componente prática e reforço de competências digitais, esta é uma oportunidade única de especialização e empregabilidade no setor agrícola. Ao proporcionar oportunidades de evolução de carreira através do desenvolvimento de novas competências, esta formação diferenciadora contribui para a requalificação e valorização de pessoas, preparando-as para os desafios do trabalho do futuro, enquanto procura promover o interior de Portugal e as atividades do setor primário”, refere Mariana Pinto Leite, coordenadora do Laboratório de Agricultura.

O curso promovido pelo IEFP e desenhado em colaboração com alguns dos maiores produtores de vinho, azeite e tomate do país, diferencia-se por uma formação teórica, complementada por uma forte componente prática, que permite que os formandos se tornem profissionais qualificados num curto espaço de tempo.

Após os três meses da componente teórico-prática, é assegurada aos formandos uma formação prática em contexto de trabalho durante três meses, em empresas de referência do setor na região do Douro. Após a conclusão da formação, contam ainda com uma rede de apoio para a integração no mercado de trabalho.

Este curso tem como objetivo formar profissionais, dotando-os de competências valorizadas pelas empresas, num setor cujas necessidades de qualificação estão a alterar-se, com a maior digitalização e automatização dos processos e em que se enfrentam desafios ao nível da oferta de mão de obra.

Destina-se a pessoas maiores de idade, que tenham gosto pela agricultura e disponibilidade para residir ou se deslocarem diariamente na área geográfica das culturas.

A formação é remunerada: inclui uma bolsa de formação, subsídio de refeição, e ainda subsídios de transporte, acolhimento e alojamento sempre que aplicável.

As candidaturas para o curso de Operador Agrícola Especializado já se encontram abertas e podem ser realizadas até dia 30 de abril, através do e-mail pro-mov@iefp.pt, em qualquer Serviço do IEFP ou Gabinete de Inserção Profissional da área de residência.

Para esclarecimento de dúvidas ou inscrição direta, os interessados podem ainda contactar o IEFP – Centro de Emprego e Formação Profissional de Vila Real/Serviço de Formação Profissional de Vila Real através do telefone 25 909 67 20 ou na morada Zona Industrial, 5000-082 Constantim.

O curso tem início planeado para o dia 15 de maio.

Sobre o PRO_MOV by Reskilling 4 Employment
O PRO_MOV é um programa que se insere na iniciativa europeia “Reskilling 4 Employment” (R4E) e tem como objetivo combater o desemprego e promover a requalificação de um milhão de profissionais ao nível europeu, até 2025. Em
Portugal, a iniciativa teve início em dezembro de 2021, impulsionada pela Sonae, Nestlé e SAP, lado a lado com o setor público, através do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), em estreita cooperação com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. A Associação Business Roundtable Portugal (BRP), parceiro fundamental deste projeto, cedo se juntou a esta iniciativa trazendo-lhe escala através da entrada de dezenas de empresas portuguesas dos mais variados setores. O PRO_MOV é constituído por sete Laboratórios e vários cursos liderados por empresas de renome: Indústria (Nestlé), Agricultura (Sogrape), Digital (SAP), Green Jobs (EDP), Vendas (DELTA), Healthcare (Hovione, CUF) e, mais recentemente, Business Intelligence (Worten).

Sobre o Laboratório de Agricultura
O Laboratório de Agricultura é um dos laboratórios criados no âmbito programa Pro-Mov. Procura dar resposta às necessidades do setor agrícola, contribuindo para a requalificação profissional de pessoas não só nos grandes centros urbanos, mas também no interior, bem como endereçar um problema real das empresas do setor primário, que entre outros desafios se debatem com a crescente falta de mão-de-obra. O Laboratório é coordenado pela Sogrape e integra várias empresas reconhecidas do setor agrícola, com produtores de vinho, azeite e tomate, como a Adega Mayor, Aveleda, Esporão, Sovena, Sugal, Symington e The Fladgate Partnership, que participam no programa através dos seus quadros enquanto formadores e asseguram uma formação prática em contexto de trabalho aos formandos do curso.

Publicidade