Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Filandorra “celebra” o teatro com espectáculos para todos os públicos em onze municípios do interior

A iniciativa teve início na passada semana em Vinhais, com a dinamização artística de “Mil Diabos à Solta” que reuniu naquela vila transmontana mais de mil pessoas numa experiência cultural que envolveu toda a comunidade, em particular dos jovens do Agrupamento de Escolas de Vinhais que integraram a performance artística aliada à tradição popular.

670

Publicidade

A Filandorra arrancou com a iniciativa Março o mês do Teatro para assinalar na região o Dia Mundial do Teatro que se comemora no próximo dia 27 de Março, promovendo a arte do teatro junto de todos os públicos, dos oito aos oitenta. Durante todo o mês a Filandorra vai “celebrar” o teatro enquanto arte universal com a representação de espectáculos de autores de referência da dramaturgia portuguesa, como Gil Vicente e Almeida Garrett, bem como do autor contemporâneo Alexandre Parafita, num total de 31 representações nos palcos das aldeias, vilas e cidades de cinco distritos (Bragança, Guarda, Porto, Vila Real e Viseu).

A iniciativa teve início na passada semana em Vinhais, com a dinamização artística de “Mil Diabos à Solta” que reuniu naquela vila transmontana mais de mil pessoas numa experiência cultural que envolveu toda a comunidade, em particular dos jovens do Agrupamento de Escolas de Vinhais que integraram a performance artística aliada à tradição popular. Aliás, a edição deste ano do Março o mês do Teatro é dedicado ao público mais jovem, dando continuidade aos ciclos de teatro para as escolas, com a representação de Auto da Barca do Inferno e Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente, do clássico Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett, e para os mais novos a representação de Diabos e Diabritos num saco de mafarricos de Alexandre Parafita, dando assim seguimento ao trabalho desenvolvido pela Companhia ao longo dos últimos anos no âmbito da formação de novos públicos/futuros espectadores para o teatro.

Para “celebrar” o teatro a iniciativa contempla também a realização de espectáculos para um público muito especial, os nossos idosos. Em parceria com o Município de São João da Pesqueira no âmbito do Programa Cultura Para Todos, a Filandorra vai levar o teatro às IPSS deste concelho, privilegiando o encontro e o diálogo entre utentes e atores, numa experiência que visa sobretudo proporcionar aos que estiveram “isolados” ao mundo durante a pandemia momentos de alegria e comunhão a partir do teatro.

O ponto alto das comemorações do mês do teatro acontece na semana de 20 a 27 de março, com Pranto de Maria Parda em pleno Parque Natural do Vale do Tua, Pombal de Ansiães, a 20 de março, seguindo-se Vila Nova de Foz Côa, em pleno Douro Património Mundial, com Teatro Para as Escolas a partir de Gil Vicente e Almeida Garrett nos dias 23 e 24, centralizando-se as celebrações do Dia Mundial do Teatro em duas principais salas de espectáculo da região, o Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego, com a representação de Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett na noite de 26 de março, e o Auditório do Centro Cultural Solar Condes de Vinhais com a representação de O Velho da Horta de Gil Vicente.

A Filandorra celebra assim o teatro relembrando as obras e autores mais importantes da dramaturgia clássica portuguesa, num total de 31 representações para todos os públicos, dos mais novos aos mais velhos, afirmando o teatro como linguagem universal de todos e para todos.

Publicidade

Fonte desta notícia: Filandorra

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade