Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Filandorra assinala dia dos avós em Mirandela com espetáculo

Esta iniciativa conjunta da Filandorra e Piicie-Mirandela pretende agradecer publicamente o carinho, o apoio e a sabedoria dos avós, que são a “matéria-prima” do trabalho desenvolvido pelo escritor e etnógrafo Alexandre Parafita no perpetuar do universo fantástico e encantatório da tradição oral, com os seus contos, lendas e mitos compilados em livro e que agora “ganham” vida no palco num espectáculo que dá a conhecer às crianças de hoje a magia que encantou as crianças de ontem.

330

Publicidade

A convite do Piicie – Mirandela (Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar) a Filandorra – Teatro do Nordeste vai celebrar o Dia dos Avós, a 26 de julho, a partir da representação do espectáculo Diabos e diabritos num saco de mafarricos – contos da tradição oral transmontana de Alexandre Parafita para todas as crianças que frequentam as “Actividades de Verão” e que vão ter a oportunidade de “levar” os avós ao teatro.

Esta iniciativa conjunta da Filandorra e Piicie-Mirandela pretende agradecer publicamente o carinho, o apoio e a sabedoria dos avós, que são a “matéria-prima” do trabalho desenvolvido pelo escritor e etnógrafo Alexandre Parafita no perpetuar do universo fantástico e encantatório da tradição oral, com os seus contos, lendas e mitos compilados em livro e que agora “ganham” vida no palco num espectáculo que dá a conhecer às crianças de hoje a magia que encantou as crianças de ontem.

Diabos e Diabritos…num saco de mafarricos é a 77ª produção da Filandorra e teve estreia no passado dia 21 de maio, em cúmulo da Residência Artística no Centro Cultural Solar Condes de Vinhais. A encenação é de David Carvalho, e conta com as interpretações de Anita Pizarro, Bibiana Mota, Débora Ribeiro, Helena Vital, Sofia Duarte, Bruno Teixeira, Luís Filipe, Rui Moura e Silvano Magalhães, e na técnica com Pedro Carlos (Som) e Carlos Carvalho (Luz). O espectáculo é ainda acompanhado por canções originais (letra e música) de Marília Miranda Lopes, colaboradora regular da Companhia nos domínios da dramaturgia e criação musical.

O espectáculo vai ter lugar no Auditório da Fundação Salesianos em Mirandela, às 10h30, e tem lotação limitada devido às normas impostas em prol da mitigação da propagação da doença COVID – 19 definidas pela Direção Geral de Saúde (DGS).

Publicidade

Fonte desta notícia: Filandorra

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade