Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Festival Simbiose une concelhos de Vinhais, Macedo de Cavaleiros e Miranda do Douro

O Festival Simbiose mobiliza elementos culturais únicos da região (como as máscaras e caretos, os cantares e rituais, os bombos, os gaiteiros, os pauliteiros, entre outros), contribuindo para a preservação deste importante património através da sua transposição para um contexto contemporâneo.

859

Publicidade

Vai ser apresentando no próximo dia 18 de maio, no Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais, em Vinhais, a sessão de lançamento do Festival Simbiose. Trata-se de uma iniciativa conjunta que vai unir através da atividade cultural os concelhos de Vinhais, Macedo de Cavaleiros e Miranda do Douro.

Apoiado pelo Programa Norte 2020, o Festival Simbiose é resultado de uma abordagem inovadora, que tem por base a coprodução e itinerância de espetáculos focados em elementos identitários de Trás-os-Montes.

Envolvendo a participação da comunidade e de grupos culturais locais, o Festival procura explorar uma relação de simbiose entre o rico património transmontano e diferentes quadrantes das artes performativas.

O Festival Simbiose mobiliza elementos culturais únicos da região (como as máscaras e caretos, os cantares e rituais, os bombos, os gaiteiros, os pauliteiros, entre outros), contribuindo para a preservação deste importante património através da sua transposição para um contexto contemporâneo.

As criações artísticas propostas consideram também uma forte relação com o policromado território transmontano, numa combinação da Terra Fria, da Terra Quente e do Planalto e das áreas protegidas de Montesinho, da Albufeira do Azibo e do Douro Internacional.

As principais criações do Festival, com as designações Nordeste e Folia, serão coproduzidas pela Circolando e pela Ondamarela, estruturas com elevada experiência e reconhecimento no universo cultural português.

O Festival vai incluir um conjunto diversificado de atividades a decorrer até ao mês de setembro, num trabalho de proximidade que pretende contribuir para a melhoria do acesso à cultura e para a criação de novos públicos, num território marcado pela interioridade.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Miranda do Douro

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade