Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Feira da Caça e do Turismo regressa a Macedo de Cavaleiros no próximo mês de janeiro

Evento de referência em Portugal, promove a atividade económica e gera mais de um milhão de euros para a região.

667

Publicidade

Três anos após um interregno provocado pela pandemia, a Feira da Caça e do Turismo está de regresso ao Município de Macedo de Cavaleiros. De 26 a 29 de janeiro de 2023, o concelho transmontano volta a assumir o papel de Capital da Caça, com a promoção daquela que é uma das feiras de referência no país, no setor cinegético, e que vai já para a sua 25.ª edição.

Sabemos que os caçadores e os amantes do setor cinegético aguardavam com muita expectativa a realização da XXV Feira da Caça e Turismo e a XXVII Festa dos Caçadores do Norte, aquele é que é um dos mais antigos certames do setor e uma referência nacional”, salienta Benjamim Rodrigues, Presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros.

O território de Macedo de Cavaleiros é, por natureza, muito atrativo para os caçadores portugueses. Rui Vilarinho, vice-presidente da autarquia e o vereador com o Pelouro da Agricultura, Floresta, Caça e Fauna, adianta que “este é um setor que, por tudo aquilo que impacta, desde a caça em si ao alojamento, ao comércio local e à restauração, movimento seguramente mais de um milhão de euros”. “Somos por natureza um destino do Turismo Cinegético, que recebe caçadores de todas as regiões do país, com uma Federação de Caçadores aqui estabelecida e que, por tudo isto, reúne condições para ser efetivamente a capital da caça Maior”, acrescenta.

Este evento, que decorre no Parque Municipal de Exposições, é organizado pela Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros em parceria com a Federação das Associações de Caçadores da 1ª Região Cinegética, e tem como principal missão divulgar o património cinegético, natural e paisagístico, bem como todas as associações do concelho cuja atividade se ligue a esta temática, contribuindo para reverter a sazonalidade no turismo e cativar pessoas para o nosso concelho, que possam favorecer a economia, restauração e hotelaria local.

Ao longo dos quatro dias, além da vertente comercial, a Feira vai contar com a realização de várias montarias, demonstrações de falcoaria e seminários dedicados à temática cinegética. O programa mais completo, afiança Benjamim Rodrigues, “será conhecido mais próximo do evento, pois ainda estamos a fechar alguns detalhes com outros parceiros”.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Macedo de Cavaleiros

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade