Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Estudo: Internet é mais importante em Macedo de Cavaleiros do que no seu distrito

Maioria dos macedenses quer pacotes com tudo incluído.No que diz respeito à televisão, apenas 29% dos macedenses diz que esta funcionalidade não tem qualquer influência na hora de contratar um serviço de telecomunicações.

0 443

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

No momento de subscrever um tarifário de TV NET VOZ, 53% dos habitantes do município de Macedo de Cavaleiros, pertencente ao distrito de Bragança, opta pelo serviço mais completo (o 5P). Quer ao nível do distrito como do país, esta modalidade não vai além de 16% e 15% de subscrições. Estas são algumas das conclusões do estudo realizado pelo simulador ComparaJá.pt aos utilizadores de telecomunicações.

No distrito de Bragança, o serviço mais procurado é o 3P ao registar 39% de contratações, ao passo que em Portugal é a tipologia 4P (que apenas exclui internet móvel) que apresenta maior adesão (40%). O serviço 2P, por sua vez, é o menos escolhido tanto no concelho, distrito e país em análise (com 7% de subscrições em Macedo de Cavaleiros, 10% em Bragança e 9% em Portugal).

Televisão é menos desvalorizada em Macedo de Cavaleiros

No que diz respeito à televisão, apenas 29% dos macedenses diz que esta funcionalidade não tem qualquer influência na hora de contratar um serviço de telecomunicações. Já no distrito de Bragança e em Portugal, a “caixa mágica” é ainda mais descartada (32% e 30%, respetivamente).

Todavia, quando olhamos para a parcela azul do gráfico anterior, verificamos que é em Portugal que há mais habitantes a considerarem fundamental incluir a televisão num pacote de TV NET VOZ. Aqui contabiliza-se 12%, enquanto em Macedo de Cavaleiros e em Bragança, a televisão não adquire tanta relevância (11%).

Internet é mais importante em Macedo de Cavaleiros do que no seu distrito

Para 30% dos habitantes de Macedo de Cavaleiros é essencial incluir a internet num serviço de telecomunicações, consideração essa que é partilhada por apenas 29% do distrito de Bragança. No entanto, é a nível nacional que esta funcionalidade adquire mais adeptos (32%).

No entanto, ao observarmos a parcela cinzenta do gráfico anterior, verificamos que são menos os munícipes de Macedo de Cavaleiros que dão pouca ou nenhuma importância à internet. Neste concelho registam-se 34%, desvalorização que se acentua ao nível do território nacional (36%) e, ainda mais, no distrito de Bragança (41%).

Telefone fixo é mais utilizado pelos macedenses

Quanto ao telefone fixo, os habitantes do concelho de Macedo de Cavaleiros destacam-se por ser os que mais dão uso a esta funcionalidade em casa. 16% destes munícipes dizem que o telefone fixo é essencial num pacote de TV NET VOZ, opinião que é apenas partilhada por 15% do distrito de Bragança e 9% de Portugal.

De facto, com base na parcela cinzenta da tabela anterior, são menos os macedenses que dizem não precisar de telefone fixo em casa (55%), enquanto no distrito de Braga e em Portugal, esta desvalorização acentua-se para 61% e 65%, respetivamente.

MEO é a campeã em Macedo de Cavaleiros

Na hora de aderir a um tarifário de telecomunicações, 42% dos munícipes de Macedo de Cavaleiros preferem a MEO. Esta operadora é também a mais escolhida tanto no distrito de Bragança (42%) como em Portugal (38%). Aliás, as posições são distribuídas de igual forma pelas três localidades em análise.

A NOS é a que recebe a medalha de prata, uma vez que conquista 35% de subscrições em Macedo de Cavaleiros, 39% em Bragança e 33% em Portugal. A Vodafone completa o pódio das operadoras mais procuradas, ao conseguir 19% de adesões neste concelho, 14% no distrito e 23% no território nacional.

Por fim, e talvez justificada pela reduzida cobertura ao longo do país, aparece a NOWO, que apenas garante 4% de contratações em Macedo de Cavaleiros, 5% no distrito de Bragança e 6% em Portugal.

Publicidade

Fonte desta notícia: Estudo realizado por ComparaJá.pt
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade