Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Estação Náutica de Macedo de Cavaleiros recebe certificação durante a BTL

Certificado foi entregue durante a maior feira de turismo do País e representa mais um passo na diversificação da oferta no concelho.

751

Publicidade

A Estação Náutica de Macedo de Cavaleiros acaba de receber a certificação do Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, passando assim o concelho a integrar a Rede de Estações Náuticas de Portugal, coordenada por aquela associação. “É uma decisão muito importante para nós e que se constitui como mais um passo na diversificação da oferta turística no nosso município, bem como na criação de novas oportunidades de valorização do território”, salienta o presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros.

A atribuição da certificação ocorreu durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, a maior feira do setor, que decorre até este domingo. O projeto, que a partir de agora conta com o selo de qualidade da Fórum Oceano, integra uma oferta de produtos turísticos baseados na água, tendo por suporte o elevado potencial turístico da Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo. “Vamos articular as praias da Fraga da Pegada e da Ribeira com os Lagos do Sabor, interligando-os com o futuro Centro Náutico”, frisa o presidente da autarquia, Benjamim Rodrigues.

O objetivo, salienta, passa por “criar novas dinâmicas turísticas, ancoradas em novas iniciativas, novos atores e novos investimentos em equipamentos e infraestruturas, envolvendo deste modo os agentes económicos e a comunidade local”.

Ainda de acordo com o autarca macedense, a Estação Náutica de Macedo de Cavaleiros “tem todas as condições para se estabelecer como mais uma marca distintiva no Nordeste Transmontano, juntando-se ao potencial da Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo e dos três selos UNESCO no território”. Recorde-se que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura valorizou como áreas e património de excelência o Geopark Terras de Cavaleiros, o Entrudo Chocalheiro e a Reserva da Biosfera Transfronteiriça da Meseta Ibérica.

Será uma alavanca capaz de acrescentar valor e contribuir para a promoção dos restantes atrativos turísticos já existentes no território”, frisa Benjamim Rodrigues. Para o autarca, “é um passo interessante para a atratividade turística e para firmar o posicionamento distinto relativamente aos outros territórios que competem diretamente com Macedo de Cavaleiros”.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Macedo de Cavaleiros

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade