Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Empreitadas no valor de 1,7 milhões de euros irão requalificar quatro estradas do concelho de Mirandela

As quatro obras, com um somatório de 12,5 quilómetros de extensão, perfazem um valor total de investimento por parte da autarquia de cerca de 1,7 milhões de euros.

608

Publicidade

A presidente da Câmara Municipal de Mirandela, Júlia Rodrigues, assinou no passado dia 24 de junho, os autos de consignação das empreitadas de pavimentação da EM 561, entre Alvites e Vale de Lagoa, a pavimentação dos acessos a Múrias e Regodeiro, a beneficiação da EM 584, da EM 15-4 a Rego de Vide e a pavimentação do caminho municipal 1064, de acesso a Ribeirinha.

As quatro obras, com um somatório de 12,5 quilómetros de extensão, perfazem um valor total de investimento por parte da autarquia de cerca de 1,7 milhões de euros.

A contar da data da assinatura dos autos de consignação, o empreiteiro dispõe agora de 365 dias para a conclusão dos trabalhos de pavimentação das estradas de acesso a Múrias e Regodeiro, a Rego de Vide e a Alvites e Vale de Lagoa. O melhoramento do acesso à localidade de Ribeirinha contará com prazo de execução de 90 dias.

Num périplo pelas freguesias, a presidente do Município salientou que “a boa gestão orçamental e o equilíbrio financeiro das contas da Câmara Municipal permitiu-nos avançar com estas obras, tão amplamente desejadas pelos seus habitantes. A qualidade de vida e o bem-estar de toda a população do concelho são dos principais objetivos que têm vindo a ser cumpridos.”

O início dos trabalhos estão previstos durante o decorrer do mês de julho e agosto deste ano.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade