Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Em busca de um percurso rumo a uma ética, baseada na gratidão e no respeito – a aprendizagem, as crianças e os jovens …

No judo, no início e no final de um treino, ou de um combate, por exemplo, os judocas saúdam-se entre si. A saudação é, no judo, uma expressão de gratidão, uma expressão de respeito.

249
José Mário Cachada

José Mário Cachada (ISCE Douro) é licenciado em Educação…

Mais deste autor(a)
logo

As crianças e os jovens possuem, em maior ou menor escala, algo dos modelos que vão aprender. Na verdade, é nossa forte convicção, de que na aprendizagem não se parte do ponto zero, se assim se pode dizer, pois é, para nós, lícito afirmar que, a partir das primeiras horas de vida, quiçá antes, as crianças vão fixando, gradualmente, impressões que hão-de possibilitar a sua aprendizagem e, concomitantemente, influenciar o seu comportamento.
Sobre esta problemática, seja-me permitido apresentar o exemplo do judo.

No judo, no início e no final de um treino, ou de um combate, por exemplo, os judocas saúdam-se entre si. A saudação é, no judo, uma expressão de gratidão, uma expressão de respeito. Na verdade, o judoca deve agradecer ao seu companheiro, ou ao seu competidor, por este lhe dar a oportunidade de melhorar, por exemplo, a sua técnica.

Ora, as crianças e os jovens, no caso, judocas, ao relacionar os modelos que possuem com o novo envolvimento, por exemplo, com a vida, obtêm uma resposta que poderá não ser exatamente aquela que havia a apreender, ou seja, a esperada, mas existirá, certamente, alguma conexão entre as duas imagens, ou os dois resultados.

De resto, se os resultados fossem rigorosamente iguais, cremos que não poderíamos falar em aprendizagem, no sentido mais “puro” do termo.

Mas, ainda assim, não sendo total a inadequação, isso poderá significar que, as crianças e os jovens, colhem o benefício resultante de um sentimento de novidade.

E a novidade, parece-nos, é importante, seja como fator de interesse, seja como fator de estímulo, traduzindo-se em progressão e em aprendizagem tendo, ainda, a vantagem de contribuir para a maturação.

Assim como, de contribuir para a sua formação, no caso em apreço, para a sua formação ética, baseada na gratidão e no respeito.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade