Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Em Alfândega da Fé há mais uma valência para vítimas de violência doméstica

Os objetivos centrais desta valência incidem sobretudo na necessidade de colmatar as carências identificadas na Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica (RNAVVD) e no apoio psicológico e psicoterapêutico especializado para todas as crianças e jovens.

469

Publicidade

Crianças e jovens vítimas de abusos podem obter apoio psicológico e psicoterapêutico especializado na Liga dos Amigos do Centro de Saúde de Alfândega da Fé.

A Resposta de Apoio Psicológico para crianças e jovens vítimas de violência doméstica (RAP) é a mais recente valência da Liga dos Amigos do Centro de Saúde de Alfândega da Fé, que vem reforçar e complementar a intervenção do Gabinete de Inserção e Apoio à Vítima (GIAV), em funcionamento desde finais de 2016.

Os objetivos centrais desta valência incidem sobretudo na necessidade de colmatar as carências identificadas na Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica (RNAVVD) e no apoio psicológico e psicoterapêutico especializado para todas as crianças e jovens, que, de forma direta ou indireta foram expostas a episódios violentos, abusivos e traumáticos, alargando a sua atuação aos restantes municípios que integram a Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes (CIM-TTM).

A violência familiar exercida contra crianças ou jovens enquadra igualmente o crime de violência doméstica, com expressão e efeitos nefastos e duradouros no seu desenvolvimento. Parte-se do pressuposto de que se existe violência no agregado familiar, as crianças são sempre vítimas, motivo pelo qual se defende que a quebra do ciclo da violência doméstica e a intervenção psicológica devem começar na infância.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Alfândega da Fé

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade