Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Discover Duero Douro, cooperação transfronteiriça pretende gerar turismo de excelência

A apresentação do Discover Duero Douro teve lugar no Conselho Consultivo da Junta de Castilla y León em Zamora e contou com a presença de representantes de todas as instituições participantes.

Zamora (ES) acolheu no passado dia 11 a apresentação de um novo projeto de cooperação transfronteiriça: Discover Duero Douro. Liderada pela Fundação Santa Maria la Real, reúne oito entidades, entre as quais as quais a CIMDOURO.

O desafio, neste caso, será consolidar o Douro como um destino turístico de excelência, sustentável e inclusivo. Para isso, o consórcio trabalhará até 2021 com mais de cem municípios de Espanha e Portugal.

A apresentação do Discover Duero Douro teve lugar no Conselho Consultivo da Junta de Castilla y León em Zamora e contou com a presença de representantes de todas as instituições participantes. Juntamente com a Fundação Santa Maria la Real, o consórcio é constituído por quatro entidades espanholas (a Câmara Municipal de Zamora, o Governo Regional de Castilla y León, a Associação Ibérica de Municípios do Rio Douro (AIMRD), e a iniciativa Duero Douro do Cluster AEICE) e três parceiros portugueses (a Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes, a Comunidade Intermunicipal do Douro e a Associação de Municípios do Douro Superior).

O desafio: caminhar para um turismo de excelência
Os parceiros trabalharão juntos, lado a lado, até 2021, para transformar o Douro num destino turístico de excelência, seguindo os passos de projetos anteriores como o Flumen Durius, e com foco em ações que visem melhorar o conhecimento dos recursos do território, facilitar a comercialização de produtos, sinalizar rotas ou apoiar empresas e empreendedores.

“O trabalho em equipa das entidades de Espanha e Portugal e o compromisso comum de transformar o Douro num fio que une um lugar de fronteira que se separa, serão duas das marcas do Discover Duero Douro”, disse Lucía Garrote, diretora do projeto na Fundação Santa Maria la Real, acrescentando que “vamos contar com as riquezas naturais e com o património do território como principal alavanca de ação”.

Linhas de ação
Como? através de quatro eixos principais: o estudo dos recursos endógenos do território; a promoção de uma plataforma colaborativa que facilite o contato entre os diferentes agentes; a conceção de produtos turísticos únicos e, finalmente, uma proposta de valor para o Douro para torná-lo num excelente destino turístico.

Orçamento, território e duração
O projeto Discover Duero Douro irá desenvolver-se nos próximos três anos (até 2021) em mais de cem municípios de Espanha e Portugal, com um investimento total de 1 070 874,95 euros, dos quais 75% serão disponibilizados pelo Programa INTERREG V-A Cooperação Espanha-Portugal 2014-2020 (POCTEP), visando melhorar o desenvolvimento socioeconómico das zonas fronteiriças e optimizar a qualidade de vida da população que vive na zona fronteiriça hispano-portuguesa.

Publicidade

Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade