Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Dia Mundial do Livro celebrado em Mirandela com 900 livros suspensos em árvores prontos a serem colhidos

Através de uma parceria com as 30 juntas de freguesias, na próxima sexta-feira (23 de abril) serão suspensos 900 livros (30 por freguesia) em diversas árvores espalhadas por todo o concelho.

534

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

A Câmara Municipal de Mirandela assinala o Dia Mundial do Livro através da iniciativa “Livros que nascem em árvores”. No próximo dia 23 de abril, serão suspensos 900 livros em árvores, nas 30 freguesias do concelho, que poderão ser colhidos gratuitamente pelos habitantes. Esta ação simbólica e peculiar pretende reforçar os hábitos de leitura da população mirandelense.

Instituído pela UNESCO em 1995, o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor comemora-se a 23 de abril e tem como objetivo reconhecer a importância e a utilidade dos livros, assim como incentivar hábitos de leitura na população.
Para assinalar a data, ressalvando a importância do livro em período pandémico, a Câmara Municipal de Mirandela apresenta a iniciativa “Livros que nascem em árvores”.

Através de uma parceria com as 30 juntas de freguesias, na próxima sexta-feira (23 de abril) serão suspensos 900 livros (30 por freguesia) em diversas árvores espalhadas por todo o concelho.

Esta atividade surge como uma forma simples e gratuita de acesso à leitura, através de um ato simbólico de “colher” cultura e informação, elementos considerados fundamentais no processo educativo.

Provenientes do espólio da Biblioteca Municipal de Mirandela, as obras literárias disponibilizadas destinam-se a todas as idades e diversos gostos literários.

Na data homóloga do ano de 2020, a autarquia já havia colocado à disposição de quem passou pelos jardins do Mercado Municipal, Parque do Império e zona pedonal da Rua da República, cerca de 150 livros. Nas celebrações do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor de 2021, a iniciativa alarga-se a todo o concelho mirandelense.

Para o executivo municipal, esta forma diferenciada e facilitadora de fazer chegar a cultura e a informação à população, através de livros, traduz-se numa importante ação de promoção do desenvolvimento de hábitos de leitura dos munícipes, sendo que, num contexto social, um livro pode tornar-se uma excelente companhia, não só para os mais idosos, mas também para o público em geral.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de imprensa Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade