Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Covid-19 pode custar €280 mil milhões por trimestre ao comércio mundial

De acordo com a última análise da líder mundial em seguro de créditos, em apenas um trimestre, o Covid-19 já teve tanto impacto no comércio internacional como um ano inteiro de guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

0 767

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Covid-19 pode custar mais de €280 mil milhões por trimestre ao comércio internacional, em oportunidades de exportação, sendo a maior barreira às trocas de bens e serviços entre países durante 2020, estima a Euler Hermes, acionista da COSEC – Companhia de Seguro de Créditos.

De acordo com a última análise da líder mundial em seguro de créditos, em apenas um trimestre, o Covid-19 já teve tanto impacto no comércio internacional como um ano inteiro de guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. As medidas de contenção tomadas pelos países para impedir a disseminação do vírus tiveram um impacto equivalente a um aumento de 0,7 pontos percentuais nas tarifas, que, no final do primeiro trimestre de 2020, deverão situar-se, em termos médios, nos 6,5%.

Os números apontam também para uma recessão comercial em termos de volume, tanto no primeiro trimestre (-2,5% face ao trimestre anterior), como no segundo (-1%).

Os custos globais desta pandemia para as exportações deverão ser, por trimestre, na ordem dos €280 mil milhões, refletindo um abrandamento significativo da procura por parte da China e da Europa. A China é o país mais afetado, com perdas, para este período, de €168 mil milhões, seguido da Itália, com €19 mil milhões. Para os restantes países da Europa, o impacto nas oportunidades de exportação será na ordem dos €95 mil milhões.

Em termos globais, no setor dos serviços, a Euler Hermes prevê uma redução significativa de turistas da China, Itália e, de um modo geral, do continente europeu, a que vai somar-se um abrandamento significativo nos serviços de transporte. Nestes setores, as perdas em termos de oportunidades de exportação serão, respetivamente, e por trimestre, de €110 mil milhões e €29 mil milhões.

Apesar deste cenário – e tendo em conta as paragens de produção na China e em Itália e assumindo medidas de contenção limitadas noutros países –, a Euler Hermes estima uma retoma gradual da atividade comercial em março e abril, prevendo um regresso à normalidade até o final de maio e um crescimento médio anual na ordem dos 0,4%.

Sobre a COSEC
A COSEC é a seguradora líder em Portugal nos ramos do seguro de créditos e caução, oferecendo as melhores soluções para apoio à gestão e controlo de créditos, bem como garantias de seguro caução.
A Companha é, desde a sua constituição, em 1969, responsável pela gestão do Sistema de Seguro de Créditos com Garantia do Estado português, para apoiar as empresas na sua exportação e internacionalização para países de risco político agravado.
A COSEC é uma empresa de capitais privados repartidos equitativamente pelo Banco BPI (www.bpi.pt), o quarto maior Banco Português, e pela Euler Hermes (www.eulerhermes.com), líder mundial em seguro de créditos.
A sinergia operacional existente entre a COSEC e o seu acionista Euler Hermes é particularmente relevante ao nível da gestão de risco e das recuperações. Através do acesso à rede Euler Hermes, presente em mais de 52 países, a COSEC tem acesso às melhores fontes de informação, à maior rede internacional de analistas de risco e dispomos ainda de uma equipa internacional responsável pela cobrança local dos créditos nestes mercados.

Publicidade

Fonte Press release Ecose
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade