Informativo Digital

Conselho Intermunicipal da CIMDouro reuniu no Museu do Douro

Em cima da mesa a análise ao esboço do Plano de Recuperação e Resiliência, Programa Nacional de Investimentos 2030 e Taxa de gestão de resíduos.

245

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Museu do Douro, no Peso da Régua, foi ontem palco de mais uma reunião ordinária do Conselho Intermunicipal da CIMDOURO. Em cima da mesa a análise ao esboço do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), ao Programa Nacional de Investimentos 2030 e à Taxa de gestão de resíduos.

Estes são temas de âmbito nacional, de incidência regional, que a CIMDOURO tem discutido e sobre os quais tem apresentado propostas e, nalguns casos, manifestado o seu descontentamento com as decisões que afetam o território.

O serviço público de transporte de passageiros foi outro dos assuntos abordados na reunião de ontem, tendo sido discutida a retoma do serviço público de transporte de passageiros e a atribuição de compensações aos operadores de transportes pela imposição de serviço público.

Foi ainda abordada a questão da retirada do Amianto nos edifícios escolares, tendo o Conselho Intermunicipal, mantido a sua posição de não concordância com a utilização de fundos comunitários do PDCT, apelando ao Governo para a inclusão destas dotações no PRR.

Esteve ainda presente na reunião o Diretor Regional da Cultura do Norte, António Ponte, tendo apresentado o resultado do estudo “Cultura no pós-Norte 2020” e discutido com os municípios as orientações e oportunidades de financiamento em candidaturas nesta área.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CIMDouro

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade