Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Conferências, tertúlias e apresentação de livros nos “Encontros da Raia”, em Miranda do Douro

Foi adiado em virtude do aumento inesperado dos casos Covid-19 no Concelho. A iniciativa será remarcada oportunamente. A atividade estava prevista acontecer este fim de semana, dias 16,17 e 18 de julho, mas teve de ser cancelada pelo motivo já referido. A organização, constituída pelo Município de Miranda do Douro, o Centro de Música Tradicional Sons da Terra, solicita a melhor compreensão aos participantes e ao público convidado.

200

Atualização: Evento adiado

Foi adiado em virtude do aumento inesperado dos casos Covid-19 no Concelho. A iniciativa será remarcada oportunamente. A atividade estava prevista acontecer este fim de semana, dias 16,17 e 18 de julho, mas teve de ser cancelada pelo motivo já referido.
A organização, constituída pelo Município de Miranda do Douro, o Centro de Música Tradicional Sons da Terra, solicita a melhor compreensão aos participantes e ao público convidado.

Publicidade

Miranda do Douro realiza no próximo dia 17 de Julho, no Mini-auditório do Pavilhão Multiusos, os “Encontros da Raia”, uma iniciativa que pretende “uma reflexão analítica sobre patrimónios raianos que partilham entre si um fundo cultural, histórico e antropológico comum. Uma abordagem prospetiva apoiada nas investigações e estudos universitários e que analisa a raia como área de intersecção (etno)cultural”.

O projecto procura responder ao desafio de se estabelecerem relações mais intensas e dinâmicas no contexto raiano que liga Miranda do Douro às comarcas de Salamanca, Zamora e Valladolid.

O programa consta de palestras, apresentação de livros e tertúlias, fazendo parte dos diversos painéis investigadores de um e de outro lado da raia.

Paula Godinho, com a palestra “Identificações locais, culturas de orla e construção de nações na fronteira” ; Juan Francisco Blanco, com “Experiencias raianas”; Pedro Javier Cruz Sánchez, com a intervenção sobre “Personalidad de los paisajes sagrados rayanos. Visiones desde el otro lado de la frontera”; Carlos García Medina, com “Arte pastoril en el noroeste salmantino”; Susana Moreno Fernández, com “Sostenibilidad, dinámicas e impactos de las celebraciones musicales. El caso del Festival Intercéltico de Sendim” ou Enrique Cámara de Landa, com “Pensamiento generador de forma musical en el repertorio de flauta y tamboril de Trás-os-Montes y Zamora” são os conferencistas e o temas abordados nestes encontros onde se pretende discutir “planos de interacção possíveis entre estas regiões fronteiriças, com incidências económicas, turísticas e culturais”.

Da apresentação de livros há a salientar a obra de Inés Velázquez Puerto, “La tradicion teatral en Sierra de Francia.Las loas; o livros de Antero Neto, “Bruçó – Da Pré-História ao 25 de Abril” e trabalho de Luis Falcon, “Andanzas y viajes por Portugal”.

Artur Nunes e Armindo Jacinto animarão uma tertúlia subordinada ao tema “Experiências de gestão e administração em contextos raianos”.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Miranda do Douro

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade