Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Vídeo mostra como o gelo derreteu no Ártico durante este verão

Publicidade

O gelo marinho no Ártico atingiu a sua extensão mínima anual em 16 de setembro. A extensão mínima deste verão é a décima segunda menor no registro de satélite datado desde há 43 anos, de acordo com cientistas do National Snow and Ice Data Center da NASA. Este ano, a extensão mínima do gelo marinho do Ártico caiu para 4,72 milhões de quilómetros quadrados.

Os últimos 15 anos são de registos de gelo marinho mais baixas de sempre. A quantidade do que sobreviveu a pelo menos uma temporada de derretimento no verão é um dos níveis mais baixos do recorde da era do gelo, que começou em 1984.

Na Antártica, a extensão do gelo marinho está este ano a cair mais rapidamente, mas ainda é muito cedo para dizer se o máximo de degelo já foi atingido durante o passado mês de setembro. O máximo para o gelo marinho da Antártida normalmente ocorre no final de setembro ou início de outubro.

O presente vídeo, produzido pelo Goddard Center da NASA documenta como a camada de gelo sobre o Oceano Ártico se comportou neste verão. A montagem destas imagens têm por base os dados captados por um satélite japonês.

Publicidade

Fonte desta notícia: National Snow and Ice Data Center da NASA

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade