Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Combate biológico à Vespa das galhas dos Castanheiros em Carrazeda de Ansiães

O município de Carrazeda de Ansiães iniciou o combate biológico à vespa das galhas dos castanheiros com a realização de várias largadas de parasitoides, nas áreas mais afetadas. Os parasitoides são insetos que se alimentam das larvas que estão nos castanheiros tendo desta forma capacidade para exterminar a vespa.

0 572

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Multiplicam-se as iniciativas autárquicas para o combate à vespa das galhas dos Castanheiros, que tem impactos significativos sobre a produção de castanha na região transmontana, provocando elevados prejuízos nas explorações.

Ontem, pela primeira vez, o município de Carrazeda de Ansiães iniciou o combate biológico à vespa das galhas dos castanheiros com a realização de várias largadas de parasitoides, nas áreas mais afetadas. Os parasitoides são insetos que se alimentam das larvas que estão nos castanheiros tendo desta forma capacidade para exterminar a vespa.

As largadas foram realizadas de acordo com o levantamento efetuado no ano passado que incidiu com particular atenção nas freguesias em que há uma maior predominância da espécie.

No terreno estiveram técnicos da Câmara Municipal, nomeadamente o Gabinete Técnico Florestal, um técnico do Ministério da Agricultura e ainda um técnico da REFCAST – Associação Portuguesa da Castanha, que forneceu os parasitóides.

Brevemente, o município irá realizar novos levantamentos no sentido de detetar mais zonas que possam estar contaminadas agindo desta forma atempadamente para proteger um maior número de explorações de castanha.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Carrazeda de Ansiães
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade