Categorias: CIM Douro

CIM Douro entregou plano de Investimentos estratégicos para o Douro na Assembleia da República

A direção da CIMDOURO, representada pelos Presidentes Carlos Silva Santiago, Nuno Gonçalves, Domingos Carvas, José Manuel Gonçalves e pelo Secretário Executivo, Paulo Noronha, estiveram hoje na Assembleia da Republica, em Lisboa, a fim de serem auscultados pelos vários grupos parlamentares que aceitaram o pedido de audiência tendo ainda reunido com o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos. Este encontro com os grupos parlamentares do PS, do PSD, do CDS-PP e dos Verdes serviu para formalizar a entrega do documento com os Investimentos estratégicos para o Douro e vincar aquilo que, no entender dos 19 municípios da CIMDOURO, deve ser tomado em linha de conta no Plano de Recuperação e Resiliência, em preparação pelo Governo da República e em análise pelos grupos parlamentares. Mais uma vez a requalificação e a internacionalização da Linha do Douro, foi um dos assuntos abordados nesta reunião, a par da construção do IC26 – um itinerário previsto no Plano Nacional Rodoviário e pensado para começar em Amarante (IP4), passando pela Régua, Lamego, Tarouca, Moimenta da Beira, Sernancelhe, com término no IP2, em Trancoso – e do projeto fluvial “Douro’s Inland Waterway” 2020 que servirá para transformar o rio Douro numa “autoestrada” fluvial contribuindo ainda para uma alternativa de transporte sustentável e limpa. “A CIMDOURO aguarda com muita expectativa o resultado destas reuniões, e a possibilidade do fundo de resiliência abrir novas perspetivas ao interior do País”, refere uma nota de imprensa distribuída à comunicação social pela CIMDOURO.
Comentar