Informativo Digital

Ciclo de Conferências “De olhos postos na ciência”

Chegou o Mês da Ciência e da Educação, com um ciclo de cinco conferências digitais organizado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos; Ann Druyan, escritora e co-criadora (com Carl Sagan) da série televisiva Cosmos, Naomi Oreskes, historiadora de ciência da Universidade de Harvard, Nahid Bhadelia, médica e especialista em doenças infeciosas, e Elissa Epel, psicóloga da Universidade da Califórnia e especialista em envelhecimento, são algumas das oradoras confirmadas para as várias conferências digitais que vão decorrer ao longo de cinco semanas

247

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

 A Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) vai dedicar, uma vez mais, os meses de Outubro e Novembro à ciência e à educação. Comissariado por Carlos Fiolhais e David Marçal, o ciclo de conferências arranca esta quarta-feira, dia 21 de Outubro. Todas as semanas, durante um mês, oradores nacionais e internacionais vão discutir temas tão distintos como o cosmos e a exploração do espaço, a preparação para pandemias e a genética do envelhecimento, numa série de conferências dedicadas a refletir sobre os motivos pelos quais podemos ter esperança na ciência.

Como podemos preparar-nos melhor para enfrentar pandemias? Porque devemos confiar na ciência do clima e da saúde? De que forma o stress pode acelerar ou retardar o nosso envelhecimento?  Para reflectir sobre estas e outras questões a Fundação convidou especialistas nacionais e internacionais que, ao longo das próximas semanas, vão participar em debates e conferências digitais transmitidos no seu site e nas suas redes sociais.

A primeira iniciativa do Mês da Ciência e da Educação tem lugar esta quarta-feira, dia 21 de Outubro, às 21h00. Na conferência «Cosmos: Mundos Possíveis»  , a escritora e produtora Ann Druyan, vencedora de um Emmy,  e o físico Carlos Fiolhais conversam sobre a humanidade, de onde viemos e para onde vamos. Co-criadora da série televisiva “Cosmos”, Ann Druyan falará também sobre o seu novo livro “Cosmos: Mundos Possíveis”.

 No dia 28 de Outubro, na conferência “Preparação para Pandemias  ” Nahid Bhadelia, médica infecciologista da Universidade de Boston e Filipe Froes, pneumologista e coordenador do gabinete de crise da Ordem dos Médicos para a Covid-19, discutem como a ciência pode contribuir para estarmos mais preparados  para futuras pandemias e que lições de governação podem ser retiradas de outras epidemias recentes.

«Porquê confiar na ciência do clima, e não só?»  é o tema da conferência de dia 4 de Novembro, que conta com a participação da historiadora de ciência e colunista da revista Scientific AmericanNaomi Oreskes e do bioquímico David Marçal. Esta sessão inclui também o pré-lançamento da edição portuguesa do livro de Oreskes: “Porquê confiar na Ciência».

 A 11 de Novembro, a conferência «Genética, stress crónico e envelhecimento »  junta Elissa Epel, psicóloga especialista em envelhecimento e obesidade na Universidade da Califórnia, e  Elsa Logarinho, investigadora de genética do envelhecimento do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3s).

 O ciclo chega ao fim com a conferência GPS «Como comunicar ciência ao público em geral? » , no dia 18 de Novembro, que conta com a participação do astrofísico português, Pedro Russo, e de Ana Godinho, directora de educação, comunicação e divulgação do CERN.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade