Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Chocolates, vestuário e vinho no topo da lista dos presentes que os portugueses tencionam oferecer este ano

96% vão optar por poupar, procurando, por exemplo, oferecer presentes aos mais próximos (67%). Portugueses inquiridos vão oferecer em média 9 presentes este Natal

145

Publicidade

Tendo em conta os dados do estudo Observador Cetelem Natal 2022, este ano, observa-se um aumento da intenção de oferecer presentes, possivelmente porque comparado com os anos anteriores marcados pela pandemia, os portugueses tenderão a celebrar o Natal com mais pessoas.

De acordo com o estudo, 98% dos portugueses inquiridos vão oferecer presentes este ano, mais 10 p.p. do que no ano passado. Cada entrevistado conta oferecer, em média, nove presentes, mais três do que em 2021. Cerca de 30% tencionam oferecer entre sete a dez presentes, 28% planeiam oferecer entre quatro a seis presentes e 15% dos inquiridos entre um a três. Já 24% dos portugueses não tencionam oferecer qualquer presente este Natal.

Os inquiridos, dos 25 aos 34 anos, são os que pretendem oferecer mais presentes (10), assim como, os indivíduos de classes mais altas, que vivem na zona metropolitana do Porto ou na região Sul do país.

Contudo, o aumento do número de presentes não significa que os portugueses tencionem gastar mais. 96% revelam que tencionam poupar na quadra natalícia, procurando, por exemplo, oferecer presentes apenas aos mais próximos (67%). Já o orçamento previsto apenas para presentes neste Natal será de cerca de 126 euros, em média, menos 21 euros face ao ano anterior.

No top 5 da lista dos presentes que os portugueses planeiam oferecer estão: os chocolates, biscoitos e bolachas (81%, +19pp face a 2021); vestuário e assessórios de moda (79%, +16pp.); vinho ou outras bebidas (75%, +9pp.); perfumes, maquilhagens e kits de bem-estar (70%, +17pp.); produtos culturais (65%, +24pp.); e brinquedos (54%, +3pp.).

Metodologia
O inquérito quantitativo Observador Cetelem Natal 2022 foi realizado pela empresa de estudos de mercado NielsenIQ. Este teve como target indivíduos de ambos os géneros, de idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos, residentes em Portugal Continental. O estudo foi conduzido através de entrevistas de autopreenchimento online. No total foram feitas 1000 entrevistas representativas da população – amostra estratificada por Distrito/Região; Género e Idade, para assegurar a representatividade da população portuguesa. O erro máximo associado é de +/- 3.1 p.p. para um intervalo de confiança de 95%. As entrevistas foram conduzidas por uma equipa de entrevistadores da NielsenIQ, que receberam treino específico para o presente estudo, por intermédio de questionário estruturado de perguntas fechadas. O trabalho de campo decorreu entre 09 a 15 de novembro de 2022.

Publicidade

Fonte desta notícia: Observador Cetelem

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade