Informativo Digital

Mirandela e Valpaços investem 250 mil euros na valorização de troço do Caminho de Santiago

Os dois Municípios avançaram para uma candidatura que foi recentemente aprovada com uma verba a rondar os 250 mil euros comparticipada em 85% pelo FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) que irá incidir na valorização do património cultural associado ao Caminho de Santiago.

1.357

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma parceria intermunicipal entre Mirandela e Valpaços vai permitir a valorização do trajeto que ligará estes dois concelhos ao Caminho de Santiago Interior Português, em Chaves.

Os dois Municípios avançaram para uma candidatura que foi recentemente aprovada com uma verba a rondar os 250 mil euros comparticipada em 85% pelo FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) que irá incidir na valorização do património cultural associado ao Caminho de Santiago.

O projeto que vai agora ser implementado pelas duas autarquias pretende, entre outras coisas, promover a qualificação e valorização dos ativos histórico-culturais com vocação turística nos territórios, contribuindo para o enriquecimento da oferta turística da Região.

Para além disso, a ideia é valorizar a excelência do património cultural no contexto das estratégias regionais distintivas de desenvolvimento turístico e promover o desenvolvimento de produtos turísticos prioritários,
nomeadamente o “turismo cultural”, “turismo de natureza” e “turismo de saúde e bem-estar”.

Mirandela e Valpaços estimam que este troço do Caminho de Santiago tenha cerca de 5000 visitantes por ano.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade