Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Câmara de Mirandela atualiza tarifas de água em 2023

Sustentabilidade ambiental e financeira justifica atualização das taxas de saneamento e de resíduos sólidos.

198

Publicidade

A Câmara de Mirandela vai atualizar as tarifas de água em 2023. A água é um elemento essencial do desenvolvimento sustentado e indispensável ao progresso sócio económico, à produção de energia e de alimentos, à existência dos ecossistemas e para a sobrevivência da humanidade.

Num planeta ameaçado pelas mudanças climáticas causadas pela poluição e tendo como consequência fenómenos meteorológicos extremos a água joga um papel determinante.

Assente numa estratégia de promover a sustentabilidade financeira do sistema de abastecimento de água, saneamento e resíduos e para dar cumprimento às recomendações da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), a Câmara Municipal de Mirandela vê-se levada a proceder ao aumento das
taxas de saneamento e de resíduos sólidos, que se traduzirá num aumento médio mensal de 2,30 euros
mensais por agregado familiar
“, refere um comunicado da autarquia.

Considerando a importância da redução no consumo, com vista a uma melhoria de sustentabilidade
financeira e ambiental, se uma família poupar 33 litros diários o valor da fatura no ano de 2023 não
sofrerá qualquer alteração.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a média de consumo de água por pessoa ronda os 110 litros diários. No concelho de Mirandela esse valor é cerca de 187 litros. Atualização da tabela de preços permite a criação de uma tarifa social e para famílias numerosas.

Face à atual situação económica do país e do mundo, o executivo municipal liderado por Júlia Rodrigues
considera que a proteção das famílias financeiramente mais vulneráveis torna-se imperativo. Desta forma, as famílias que possuam rendimentos indexado ao IAS (Indexante dos Apoios Sociais) usufruirão de uma redução de 50 porcento nas taxas. Esta medida irá aplicar-se igualmente as todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Organizações Não Governamentais (ONG) sem fins lucrativos do concelho.

Beneficiar as famílias numerosas com a criação de um tarifário exclusivo é uma forma de promover o incentivo à natalidade no território. Os agregados familiares com mais de quatro pessoas vão ter um desconto adicional de três metros cúbicos por escalão, o que será significativamente notório na redução da despesa mensal“, refere a mesma fonte.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Mirandela

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade