Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Câmara de Macedo investe 40 mil euros em prémios para dinamizar comércio local

s cupões para participação serão entregues por cada compra feita entre 15 de dezembro de 2020 e 15 de junho de 2021 no valor mínimo de 25 euros.

820

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

O Município de Macedo de Cavaleiros investiu 40 mil euros em prémios para um concurso que tem como principal objetivo dinamizar as compras no comércio tradicional. Ao fazer 25 euros em compras nos estabelecimentos aderentes à iniciativa “Compre em Macedo” qualquer pessoa se poderá habilitar a ganhar um automóvel no valor de 15 mil euros, uma scooter 125cc, um computador portátil, eletrodomésticos e vales de compras para realizar no comércio de Macedo.

A iniciativa arranca no próximo dia 15 de dezembro, já a pensar nas compras de Natal. “Pretendemos que os macedenses, assim como pessoas de outros concelhos, escolham o nosso comércio na hora de comprar os seus presentes de Natal”, explica o presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros. Benjamim Rodrigues frisa que a ação, desenvolvida em colaboração com a Associação Comercial e Industrial de Macedo de Cavaleiros, “oferece um conjunto de incentivos aos clientes, em formato de prémio, para que na hora de escolher, optem por realizar as suas compras no comércio tradicional do concelho”.

Os cupões para participação serão entregues por cada compra feita entre 15 de dezembro de 2020 e 15 de junho de 2021 no valor mínimo de 25 euros.

A 29 de junho de 2021, dia de Feriado Municipal, será realizado o sorteio e no dia seguinte serão divulgados os resultados do concurso no site oficial e na página de facebook do município de Macedo de Cavaleiros.

Sabemos que as medidas restritivas à circulação e à atividade dos estabelecimentos comerciais estão a causar sérios e graves prejuízos aos comerciantes”, salienta Benjamim Rodrigues. Ao lançar esta iniciativa, o Município procura, desde logo, “promover as vendas do comércio a retalho tradicional e de proximidade no concelho”. Estendendo o concurso por seis meses, a autarquia tenciona mostrar que esta valorização do comércio local não pode ser feita de forma esporádica e circunscrita no tempo. “Queremos reforçar os hábitos de consumo nas lojas do nosso concelho, queremos fazer do comércio tradicional uma referência para os macedenses, e não só, também na hora de fazer as compras do dia a dia”, salienta Benjamim Rodrigues.

É uma iniciativa que se junta a várias outras que temos desenvolvido com vista a apoiar os nossos empresários e comerciantes, assim como a população”, refere o autarca macedense que, a título de exemplo, destaca o projeto “Consuma Local”, lançado em abril deste ano e através da qual se procura aproximar o consumidor do produtor local, bem como estabelecer pontos de contacto com as grandes superfícies comerciais. Outra das iniciativas levadas a cabo pelo executivo de Macedo de Cavaleiros foi a realização do “Mercado de Produtos da Terra”, uma iniciativa que ao longo dos meses de Verão e mensalmente até final do ano reúne no mesmo espaço, produtores e criadores do concelho para que estes possam vender os seus produtos.

Benjamim Rodrigues mostra-se convicto de que esta será uma boa forma de dinamizar o comércio local, reforçando um apelo que tem vindo a ser feito desde o início do surto pandémico de COVID-19. “É fundamental incentivar a compra e consumo de produtos locais, não só pela sua qualidade, mas também pelo apoio que se dá aos comerciantes e produtores do nosso concelho”, conclui o presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Macedo de Cavaleiros

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade